Os Investimentos em Junho

Com a inflação dando sinais que está comportada e convergindo para o centro da meta, o mercado projeta mais dois cortes de 0,5.pontos percentuais na meta da taxa Selic ainda este ano, deslocando a curva de juros paralelamente para baixo. A taxa dos títulos com vencimento em julho de 2013 no mês passado estava 8% e fechou o mês próximo de 7,5%. Os que vencem em julho de 2015 caíram de 9,05% para 8,77%. Ganharam os fundos que operaram aplicados na taxa pré. A variação do CDI no mês foi de 0,64%.
Nesse mês, o dólar caiu 0,39%.
O Ibovespa fechou em campo negativo 0,25%. Os principais destaques de queda foram OGX que caiu 46% e outras empresas do grupo EBX. Petrobras, já é o 5º mês consecutivo no vermelho e Itaú também caiu.
Apesar desses números, os investimentos em ações foram os que proporcionaram os maiores retornos no mês.
Nas bolsas internacionais o movimento também foi de alta. As bolsas da Europa recuperando boa parte das perdas acumuladas no ano e as bolsas americanas subiram mais de 3,60%. O índice S&P500 teve o melhor junho desde 1999, subiu 3,96%.

O destaque do mês foi o Órama Opportunity Lógica II, que valorizou 7,62%. O Opportunity Logica II é um fundo de ações que concentra suas estratégias em ativos que possui profundo conhecimento, passando sempre por uma análise fundamentalista criteriosa. Nesse mês as principais contribuições para o fundo foram a posição em Vale e S&P 500. A posição comprada em Gerdau e a vendida no índice Ibovespa contribuíram marginalmente.

Em segundo lugar, o Órama Rio Bravo Fundamental que subiu 4,18%. Nesse fundo de ações de valor, ativista em governança corporativa, os principais ganhos vieram das posições no setor financeiro, de alimentos, bens de capital e siderurgia.

Em seguida o Órama JGP Equity com alta de 2,52%, se beneficiando da sua estratégia de realizar operações de compra e venda, à medida que as oportunidades vão sendo identificadas. A principal contribuição para o resultado do fundo foi a posição direcional nos setores com as maiores exposições como materiais básicos, financeiro e consumo, entre elas, Gerdau , Klabin e Vale, Cielo, BVMF, Redecard e Lojas Americanas. Lembrando que as posições direcionais são protegidas com opções. Também lucraram com arbitragem. Praticamente todos os pares apresentaram resultados positivos.

O retorno do Órama BNY Mellon ARX Income foi 2,10%. Com uma carteira bem diversificada as principais contribuições para performance foram as posições em empresas do setor de energia elétrica, varejo, bancos, telefonia e mineração.

O Órama BTG Pactual Local foi o melhor na categoria multimercado. Com rentabilidade de 1,54%, ganharam com as apostas em juros reais e nominais e também com a exposição no mercado de ações,

Perspectivas para Julho

O desempenho dos mercados no mês de julho vai depender do detalhamento e da implantação do acordo fechado pelos líderes da União Européia para a crise e das medidas adotadas pelo do governo brasileiro para estimular a economia.
Mantenho minhas sugestões para seus próximos investimentos:
– Para os mais conservadores: Órama BNY Mellon Arx Hedge Plus, Órama JGP Hedge. Órama Kondor Max.

– Para os moderados: Órama BTG Pactual Hedge Plus, Órama BTG Pactual Local e Órama Claritas Long Short.

– Para os mais agressivos: Órama JGP Equity, Órama BNY Mellon Arx Income e Órama Studio.

Escrito por

Consultora de investimentos da Órama autorizada pela CVM, CFP® e autora de diversos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s