Investimentos em Março de 2014

O mês de março foi o único do primeiro trimestre que o Ibovespa fechou no campo positivo, com alta de 7,05%. As incertezas no mercado internacional com relação ao processo de retirada dos estímulos à economia americana diminuíram e os agentes passaram a realocar seus portfólios. Este fato aliado à fuga de capital da Rússia fez aumentar o valor investido na Bovespa por estrangeiros.

O resultado da pesquisa Ibope que apontou queda na aprovação do governo federal movimentou fortemente tanto o mercado de ações, câmbio e juros. A perspectiva da mudança de governo fez as ações de empresas estatais e do setor energético registrarem fortes altas. A possibilidade de um futuro com menos intervenções na economia fez o câmbio ceder, assim como a curva de juros que foi levemente deslocada para baixo dado o corte nos prêmios de risco.

O rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela agência de risco Standard and Poor’s não trouxe grandes impactos aos mercados por aqui, visto já era esperado pelos agentes e os ativos estavam com seus preços ajustados.

Neste contexto, a variação do CDI foi de 0,76% e o dólar desvalorizou 3,24%. Nas bolsas americanas, o S&P500 e Dow Jones apresentaram leves altas, enquanto o NASDAQ caiu.

Os melhores Fundos da ÓRAMA no mês de março foram:

Órama BNY Mellon ARX Income < 7,16% >

Rentabilidade é atribuída à alta das ações da Petrobras , do Itaú e de BB Seguridade. A Petrobras por estar bastante depreciada, foi uma das empresas que se beneficiaram com a expectativa de mudanças que podem ocorrer depois do resultado da pesquisa que apontou para queda da popularidade da presidente e queda na aprovação do governo em diversas áreas. A alta das ações de banco pode ser explicada pelo fluxo de investimentos estrangeiros e pelo cenário de alta taxa de juros.

Órama Bolsa Mid-Large Small Cap < 5,28% >

O desempenho do Fundo também teve como destaque a valorização das ações da Petrobras e de bancos. Outras ações que contribuíram para o resultado do Fundo foram as da BR Properties e da Totvs.

Órama STK Ações < 5,15% >

As ações que mais contribuíram para a alta do Fundo foram Kroton, Cielo e BVMF.

Órama Pacífico Ações < 5,03% >

Foram as posições em Itausa, Cielo e BB Seguridade que mais colaboraram para a rentabilidade do Fundo.

Órama Quest Ações < 4,53% >
O resultado do Fundo é explicado pela alta de Itausa, Cetip e BRFoods.

Para os próximos investimentos:

De acordo com nossas perspectivas e cenários traçados, as Letras de Crédito (LCI e LCA) são uma boa escolha para os investidores conservadores, assim como o Fundo Órama DI Tesouro Master. As Letras de Crédito também são indicadas para diversificação de carteiras e o Órama DI Tesouro Master para aplicar a reserva para emergências.

Para os investidores com perfil de risco moderado e horizonte de médio prazo, sugiro os Fundos Órama BNY Mellon ARX Hedge Plus, Órama Gap Absoluto e Órama Gávea Macro.

Por fim, para os investidores com maior apetite ao risco e com horizonte de longo prazo, sugiro os Fundos Órama JGP Equity, Órama Studio e Órama STK Ações.

Qualquer dúvida que você tenha sobre futuras alocações ou sobre o desempenho de seus investimentos, entre em contato comigo através do canal Fale com a Sandra no site da Órama.

Escrito por

Consultora de investimentos da Órama autorizada pela CVM, CFP® e autora de diversos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s