Como Avaliar sua Situação Financeira

Uma vida financeira organizada e controlada é resultado de bons hábitos de consumo, disciplina e uma situação patrimonial equilibrada. Para ter segurança financeira é preciso ter dinheiro investido. Se você deseja dar uma virada nas suas finanças, sugiro começar por uma avaliação detalhada do sua atual condição financeira.

O primeiro passo é reunir o maior número de informações possíveis para conhecer a sua posição patrimonial. Separe os bens e direitos mais líquidos – como dinheiro em conta corrente e fundos – dos menos líquidos, como previdência privada e imóveis. Os bens e direitos compõem sua carteira de ativos. Depois levante todos os saldos devedores de financiamento, empréstimos, cartões e até cheque especial. Suas dívidas e obrigações são conhecidas como passivos. Se do total de ativos você subtrair os passivos obterá o valor do seu patrimônio líquido, que é esperado ser positivo. Se nulo ou negativo, já posso adiantar que sua situação financeira não é das melhores.

Uma pesquisa realizada recentemente pelo SPC São Paulo (Serviço de Proteção ao Crédito) a pedido da CNDL (Câmara Nacional de Dirigentes Lojistas) mostrou que 20% dos entrevistados não possuem reservas e se perdessem o emprego não conseguiriam bancar suas contas por mais de um mês. Outros 36% declararam ter reservas, porém, em caso de ficarem desempregados, as reservas não durariam mais de três meses. Você já se perguntou em quanto tempo suas reservas acabariam?

Para se certificar sobre o grau da sua segurança financeira, vamos ao segundo passo: mapear as saídas de dinheiro. Saber para onde vão todos os recursos que você recebe é fundamental para quantificar os gastos médios mensais. Essas informações também ajudam a identificar hábitos que podem ser mudados e as contas que podem ser redimensionadas.

Ainda sobre a pesquisa que citei acima, outro dado que chamou minha atenção é que 81% dos entrevistados têm pouco ou nenhum conhecimento sobre as suas finanças pessoais e dos 19% restante, que afirmam que dominam suas contas, 28% fazem o controle do que ganham e gastam apenas de cabeça.

Mesmo sabendo que é necessário conhecer os gastos e ter as finanças organizadas, muitos atribuem à falta de disciplina e de tempo os motivos para não terem controle sobre a vida financeira. Neste contexto, a possibilidade da sua situação financeira ser vulnerável e o risco de investir menos do que o necessário para ter segurança financeira são grandes, principalmente para quem tem dependentes ou está se aproximando da aposentadoria.

Alguns estudos mostram que há muitas doenças relacionadas ao estresse financeiro, como tensão, insônia e dores de cabeça. Por isso, controlar e planejar os gastos, investir e obter melhores resultados, ter reservas para emergências e recursos para complementar a aposentadoria podem ser bons remédios.

Os dados da pesquisa do SPC São Paulo sugerem que o comportamento da maioria é consequência da pouca educação financeira que a população recebe. Seria interessante que o governo incentivasse mais programas nesse sentido, todavia se o indivíduo não estiver comprometido, não haverá mudanças, nem conquistas.

Concluindo, é preciso dedicar algum tempo e esforço para cuidar do seu dinheiro se você pretende alcançar segurança financeira. No começo, para levantar todas as informações importantes e tomar conhecimento da real situação patrimonial e do gasto médio mensal, será preciso dedicação diária, de 30 minutos a uma hora e pode levar de seis meses a dois anos para organizar sua vida financeira e pegar o ritmo. Mas depois que você adquirir a disciplina, só vai precisar fazer revisão anual do valor patrimonial e rebalancear a carteira de investimentos. Estas tarefas, no entanto, serão para o resto da vida.

Para ajudar você a dar uma virada na sua situação financeira, acumular reserva para emergências e patrimônio, eu e Alvaro Bandeira preparamos um conteúdo educacional, com videoaulas online e eBooks gratuitos, sobre os principais investimentos e panorama das economias. Acesse aqui este material.

Escrito por

Consultora de investimentos da Órama autorizada pela CVM, CFP® e autora de diversos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s