Investimentos em Junho de 2014

Em julho, os investimentos em bolsa foram destaque. Apesar do desânimo com a situação econômica, da indústria ter várias razões para desacelerar (estoques altos, consumo reduzido e preços represados) e do agravamento dos conflitos no Iraque, os resultados das pesquisas eleitorais deram uma força ao mercado de ações. O Ibovespa subiu 3,76% no mês. A melhora dos indicadores das principais economias do mundo também colaborou. As medidas que o governo lançou para incentivar a indústria em nada contribuíram. Pacote é mais do mesmo, não contempla nenhuma mudança estrutural, tão pouco transmitiu confiança aos empresários.

Os investimentos prefixados em renda fixa tiveram resultado distintos, aqueles com prazo de vencimento inferior a cinco anos registraram ganhos. O mercado de juros revisou para baixo as taxas médias e curtas devido ao pessimismo quanto à atividade econômica, mas também por causa do boletim trimestral de inflação divulgado pelo Banco Central que deu a entender que a Selic (Taxa Básica de Juros) não deve mais subir em 2014.  Já os papéis mais longos tiveram seus preços reajustados para baixo, uma vez que os juros mais longos subiram devido à expectativa de que dado o desajuste fiscal do país pressionará por taxas de juros mais altas no futuro.

A crise entre a Rússia e Ucrânia ainda puxou para cima o preço do ouro, assim como as tensões no Iraque e a crise da dívida na Argentina. Durante o mês, o Banco Central anunciou que continuará a operar o câmbio até o final do ano e o dólar fechou o mês com 1,39% de queda.

Diante do exposto, o Ibovespa subiu 3,76% no mês. Nos Estados Unidos as bolsas valorizaram menos, mas subiram. O dólar caiu 1,39%. A variação do CDI foi de 0,82% e a poupança, rendimento de 0,55%. Assim, os melhores fundos Órama do mês foram:

Órama STK Ações < 4,75% mês >

O bom desempenho do fundo em junho é resultado de uma estratégia de seleção de ativos que teve como destaque as ações de Kroton. Educação tem se mostrado um bom negócio na bolsa para Brasil, não precisa atrair muitos investimentos e é um bom negócio mesmo em ambiente de baixo crescimento. O crédito educacional público também ajudou a reduzir evasão e valorizar os papéis do setor. Outro destaque foi a Equatorial. O setor elétrico foi beneficiado no mês com a autorização da ANEEL para aumentar as tarifas. Com isso, o fundo recupera a perda que vinha acumulando no ano e fecha o semestre com alta de 4,29%. O Ibovespa fechou o semestre com alta de 3,22%.

Órama Pacífico Ações < 4%,21% mês>

A boa performance do Fundo também é explicada por ações dos setores educacional e energia elétrica. Foram destaques as ações da Estácio, CPFL Energia e Equatorial. O fundo fechou o semestre com uma boa valorização, 5,28%.

Órama Bogari Value < 4,01% mês>

O resultado do fundo no mês também se deve às posições em empresas dos setores educacional e de energia elétrica, além das ações de BB Seguridade e Cielo. BB Seguridade subiu mais ainda depois que o conselho aprovou adotar índice de 80% sobre resultado para remunerar os acionistas. A Cielo, líder no segmento de cartões, tem apresentado surpreendentes taxas de crescimento, se beneficiando do aumento da bancarização no Brasil e pelo aumento do volume transacionado por cartões. A população está reduzindo a utilização de cheques e dinheiro. Além do mais, a Cielo é uma boa pagadora de dividendos. Com este resultado o fundo fecha o semestre com alta de 4,43%

Órama Quest Ações < 3,48% mês >

As posições que mais contribuíram para o bom desempenho do fundo foram BR Foods, Cetip, Estácio e Kroton. Com este resultado o fundo fecha o semestre com alta de 2,99% e recupera as perdas acumuladas até então.

Órama BNY Mellon ARX Income < 3,47% mês >

A alta do fundo em junho é atribuída às duas das principais posições do fundo: Marfrig e  BB Seguridade. Com este resultado o fundo fecha o semestre com alta 1,44% e recupera as perdas acumuladas no ano.

Próximos investimentos

As Letras de Crédito continuam sendo uma boa escolha para investidores conservadores ou aqueles que buscam diversificar suas carteiras de investimento.

O Fundo Órama DI Tesouro Master para aplicação das reservas para emergência ou recursos de curto prazo, já que é um produto de baixíssimo risco e de liquidez diária. Também é uma boa escolha para investidores conservadores

Os Fundos Órama BTG Pactual Hedge Plus, Órama Gap Absoluto e Órama Opportunity Total para investidores com perfil de risco moderado, ou seja, aqueles que aceitam alguma variação de curto prazo para obter retornos acima da renda fixa no médio prazo.

Como acredito que os melhores dados sobre a economia global nos próximos meses vão se traduzir em ganhos o mercado de ações. Para os investidores com maior apetite ao risco e horizonte de aplicação de longo prazo, temos os fundos Órama JGP EquiyÓrama STK Ações e Órama Bogari.

Escrito por

Consultora de investimentos da Órama autorizada pela CVM, CFP® e autora de diversos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s