Panorama Semanal – 15 a 19 de Fevereiro

O cenário doméstico foi determinante esta semana nas finanças. Rebaixamento de nota pela S&P e a expectativa pior para o PIB reforçaram a conjuntura pessimista.

Já na segunda-feira, houve a deterioração das projeções para a inflação e o PIB deste ano, de acordo com o boletim Focus, divulgado pelo Banco Central. A previsão do PIB de 2016 ficou em -3,3%.

Não faltaram notícias ruins pelo IBGE. Uma delas foi a retração de 4,3% nas vendas do varejo no ano passado, o que se configurou no pior ano desde 2001 e a pior queda da série histórica. Já o emprego na indústria registrou retração de 6,2% em 2015, também o pior recuo histórico.

O dado mais significativo veio do Banco Central. O IBC-Br, indicador da atividade econômica, calculado pelo BC, caiu 4,08% no ano passado. Caso o número seja confirmado pelo IBGE quando da divulgação do PIB, representará uma recessão acima da esperada.

Em meio a tantos números ruins e citando os desafios políticos e econômicos do país, a agência Standard & Poor’s rebaixou o rating do Brasil de BB+ para BB, com perspectiva negativa. Embora não tenha surpreendido os analistas, este rebaixamento veio antes do esperado.

Na política, um dos destaques da mídia, no âmbito da Lava-Jato, foi a informação dada pelo juiz Sérgio Moro ao TSE de que houve pagamento de propinas, acertadas no esquema da Petrobras, às campanhas eleitorais.

No Congresso, o deputado Leonardo Picciani segue líder do PMDB, em votação que teria enfraquecido o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, bem como o avanço do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Já o andamento do pedido de cassação contra Cunha, no Conselho de Ética, foi adiado com um pedido de vistas.

Com tamanha incerteza doméstica, o dólar ficou pressionado e só não disparou devido ao maior otimismo global – com a possibilidade de um acordo para controlar a produção de petróleo. A moeda americana fechou a quinta-feira em alta de 1,36%, acima dos R$ 4.

O Ibovespa, que havia subido ao longo da semana, sobretudo com recuperação do preço das commodities (Vale e Petrobras), encerrou a quinta-feira em 41.477 pontos, queda de 0,37%.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal da Órama.

*Dados atualizados até 9h50min de 19/02.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s