5 dicas para quem quer comprar um imóvel

A nossa consultora de investimentos, Sandra Blanco, escreveu um artigo para o portal ADVFN com dicas para quem quer comprar um imóvel

Até para os mais disciplinados, não é como comprar um computador ou um carro, que basta pesquisar e ter todas as especificações necessárias no papel para fazer um bom negócio.

Abaixo, você encontrará cinco passos que o ajudarão a realizar o sonho da casa própria, o objetivo de grande parte dos brasileiros.

1- Estime o valor da aquisição
O preço dos imóveis é uma função de muitas variáveis. Os imóveis têm várias características que impactam no preço. A localização é a principal delas, pois barulho, comércio e vizinhança fazem o metro quadrado mais caro ou mais barato. Além disso, conta se o imóvel é de frente ou fundos; se o sol bate de manhã ou à tarde; se está localizado no primeiro andar ou num andar alto; a quantidade de vagas na garagem. Todos esses detalhes estão embutidos no preço.

Como é o imóvel dos seus sonhos e quanto ele custa?

Determinar esse número é o primeiro passo para conseguir alcançar o objetivo: um lugar que combine um preço que caiba no seu bolso e que você sinta prazer e conforto nele.

Se vai financiá-lo, o ideal é dar, pelo menos, 50% do valor total de entrada. Usar os recursos do FGTS também é uma opção para ajudar no pagamento.

2 -Não despreze os custos extras
Além de despesas com escritura, registros, impostos, tarifas e reformas, devem ser considerados também os gastos com pequenas modificações e mudança. Tudo deve ser planejado, para evitar que possam fazer um estrago no seu orçamento financeiro.

3- Estipule o prazo
Após ter o valor definido, será preciso estabelecer quando, mais ou menos, você gostaria de se mudar.

Com essas informações, você poderá elaborar uma estratégia de investimento para acumular o valor necessário.

4- Invista adequadamente
Quando o objetivo é comprar o primeiro imóvel, duas preocupações devem estar no radar, ao investir: a aplicação deve ser de baixo risco e deve manter o poder de aquisição ao longo do tempo, ou seja, acompanhar a inflação.

A razão para se ter esses cuidados é porque, como os imóveis são ativos reais, seus preços, em geral, são corrigidos por um índice de preço.

Até mesmo os investidores mais jovens, que projetam comprar o primeiro imóvel num prazo de cinco anos ou mais, devem aplicar em produtos mais conservadores.

5 – Será que é o momento?
O setor imobiliário é extremamente sensível ao ciclo econômico. Em períodos de baixo crescimento ou recessão econômica, quem já dispõe do dinheiro para comprar um imóvel pode conseguir bons descontos. As ofertas de venda nesses momentos aumentam, pois muitos proprietários se desfazem de seus imóveis por estarem endividados ou precisando levantar dinheiro para organizar suas vidas financeiras.

Aqueles que precisam de financiamento em períodos econômicos desfavoráveis vão acabar pagando mais caro para realizar seus sonhos.

O financiamento é uma maneira de antecipar a conquista do imóvel. No entanto, é exigido esforço durante um longo período.

Atualmente, é preciso ter 50% do valor de entrada para conseguir financiar a outra metade. E não é permitido comprometer-se com mais do que 30% da renda familiar com a prestação.

Finalizando
Você pode realizar qualquer sonho, com planejamento e disciplina. Esses cinco passos vão lhe dar um empurrãozinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s