Panorama Semanal de 5 a 9 de setembro

Manifestações políticas, operação da Polícia Federal, prosseguimento da Lava Jato e expectativa quanto ao encaminhamento da Reforma da Previdência deram o tom da Semana da Independência, que teve ainda o início da greve dos bancários.

O presidente Michel Temer foi alvo de manifestações contra e a favor de seu governo, nas ruas e em eventos, um reflexo da polarização do país uma semana após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Após muita costura política, o mercado aguarda que Temer envie a Reforma da Previdência ao Congresso antes das eleições, num sinal em direção ao ajuste fiscal.

Na segunda-feira, a PF deflagrou a operação Greenfield, que investiga fraudes em fundos de pensão num total que pode chegar a R$ 50 bilhões. As fraudes envolveriam dezenas de pessoas, entre dirigentes e ex-dirigentes de fundos e empresas. A Justiça já determinou o bloqueio de R$ 8 bilhões. As investigações afetam os fundos de pensão de Caixa, Banco do Brasil, Petrobras e Correios. No dia da operação, as ações da JBS, uma das empresas supostamente envolvida, despencaram 10%.

O Ministério Público decidiu prorrogar a Lava-Jato por mais um ano. E foi marcada para a próxima segunda-feira a sessão de julgamento da cassação do mandato do deputado afastado Eduardo Cunha.
Na esfera econômica, pesou a divulgação da ata do Copom. No documento, o BC deixou claro que espera “evidências“ de melhoria no quadro atual para que comece a reduzir a taxa básica de juros, a Selic.

Entre os dados negativos, a inflação medida pelo IGP-DI veio acima do previsto e fechou em 0,43% em agosto. Já a Anfavea divulgou que a produção de veículos caiu 6,4% em agosto, ou 18,4% em relação ao mesmo mês do ano passado.

No âmbito global, o dólar perdeu força após a divulgação de dados mais fracos do setor de serviços nos Estados Unidos. Desta forma, os agentes reduziram as expectativas quanto a uma alta de juros ainda este ano nos EUA.

O Banco Central Europeu (BCE) manteve suas taxas de juros, bem como o programa de compra de ativos, o que frustrou os investidores.

Assim, com turbulência doméstica e incertezas mundiais, a moeda americana fechou a quinta-feira em leve alta de 0,06%, cotada a R$ 3,21. Em agosto, de acordo com dados do BC, houve saída líquida de US$ 1,1 bilhão do país.

O Ibovespa também encerrou o pregão de quinta-feira em ligeira valorização, de 0,17%, a 60.231 pontos. Destaque para os papéis da Petrobras, que vai vender sua malha de gasodutos, e para a recuperação da JBS. Já as ações da Vale sofreram desvalorização.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal da Órama.

*Dados atualizados até 09/09/2016 as 5:00h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s