Panorama Semanal de 10 a 14 de outubro

A semana foi, definitivamente, da PEC dos gastos públicos, que limita as despesas do governo. Aprovada na Câmara dos Deputados em primeiro turno, o texto vai para outra votação na Casa, provavelmente ainda este mês. Depois, segue para o Senado, possivelmente até dezembro.

A votação foi considerada uma vitória do presidente Michel Temer. Temer, que estará na reunião dos Brics no fim de semana, na Índia, deve discursar sobre o ajuste fiscal e a retomada do crescimento econômico.

No âmbito da Lava-Jato, mais atuações envolvendo nomes de peso, como o do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Cunha foi intimado pelo juiz Sérgio Moro a apresentar, em 10 dias, uma resposta preliminar à ação penal por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta. É o início do processo contra ele.

Já Lula virou réu pela terceira vez com o acolhimento da denúncia, pela Justiça do Distrito Federal, de participação em esquema para liberar empréstimos no BNDES. O banco, aliás, suspendeu há alguns meses financiamentos a empreiteiras investigadas pela Lava-Jato.

Na esfera macroeconômica, um novo indicador do IBGE revelou que não há trabalho para mais de 13% da população em idade produtiva. São mais de 22 milhões de pessoas!

Lá fora, o destaque foi para o petróleo, com alta nas cotações em função de importação recorde na Índia e devido às negociações na Opep que visam a reduzir a produção. No mais, dados sobre a queda do estoque americano de derivados, entre os quais a gasolina, também impulsionaram os preços.

Na novela dos juros americanos, a publicação da ata do Fomc (comitê de política monetária dos EUA) mostrou que um aumento da taxa pelo Fed (o banco central americano) pode ocorrer “relativamente em breve”, caso a economia do país siga na rota do fortalecimento. A minuta, no entanto, ainda levanta dúvidas sobre indicadores do mercado de trabalho e inflação.

Politicamente, muita repercussão negativa com declarações de Trump sobre mulheres a poucos dias das eleições.

No fechamento do pregão desta quinta-feira, o Ibovespa fechou em leve alta de 0,16%, com destaque para os papéis da Petrobras, apesar do clima de aversão ao risco no mundo, por causa da divulgação da queda de 10% nas exportações chinesas.

Já o dólar encerrou em queda de 0,6%, cotado a R$ 3,18.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até 13/10/2016 as 22:30h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s