Panorama Semanal de 13 a 17 de fevereiro

A semana foi marcada por um “rali” como há muito não se via no mercado financeiro. No Brasil, destaque para o dólar em queda, perto dos R$ 3, e a bolsa perto dos 68 mil pontos. A preferência por boas notícias, o fluxo de recursos e as expectativas positivas contagiaram os investidores.

Nos Estados Unidos, Janet Yellen, a presidente do Fed (banco central americano), afirmou que se o emprego e a inflação no país evoluírem conforme o esperado, uma nova alta nos juros seria “apropriada”. Ela disse ainda que “não é sábio” esperar demais.

Por aqui, a possibilidade de aprovação das reformas e a reabertura do prazo para repatriação de recursos do exterior foram fatores importantes.

Já as divulgações de dados macroeconômicos revelaram números ruins. De acordo com o IBC-Br, do Banco Central, a economia brasileira encolheu 4,34% no ano passado. E, segundo o IBGE, as vendas do comércio caíram 6,2% em 2016, o pior resultado desde 2001.

No Supremo Tribunal Federal, o ministro Celso de Mello manteve a nomeação do ministro Moreira Franco, o que lhe garante foro privilegiado – seu nome aparece em delação premiada da Lava Jato. Com foro privilegiado, ele só poderá ser investigado com autorização do STF.

O projeto de lei com propostas do Ministério Público de combate à corrupção foi devolvido à Câmara pelo presidente do Senado, por determinação de liminar do STF. De acordo com o ministro Luiz Fux, a análise, que gerou polêmica, deve voltar à fase inicial.

Em outra frente, o Supremo adiou a decisão sobre acordo do Rio com a União. Para que haja continuidade ao socorro fiscal, em um mês as propostas de ajuda financeira ao estado deverão ser aprovadas no Congresso e na Alerj.

Ainda sobre o Rio, o governo autorizou o uso das Forças Armadas nas ruas da capital fluminense.

Na política americana, o destaque foi o fato de o governo ter aberto mão do polêmico decreto sobre veto migratório a refugiados e cidadãos de sete países. A Casa Branca informou que vai formalizar uma nova ordem para aumentar a segurança, com o objetivo de eliminar novos questionamentos jurídicos. Durante coletiva de imprensa, Trump atacou a imprensa e oponentes. Outra notícia de impacto nos EUA diz respeito ao Conselho de Segurança Nacional. Michael Flynn se demitiu, após menos de um mês no cargo, por causa de ligações com a Rússia.

Com a euforia nos mercados ao longo da semana, os investidores aproveitaram para realizar lucros no pregão desta quinta-feira. O dólar fechou em alta de 0,61%, a R$ 3,085. O Ibovespa perdeu 0,24% e encerrou aos 67.814 pontos. O movimento foi influenciado pelas bolsas americanas em baixa.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até 16/02/2017 as 20:49h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s