O que é o investidor qualificado?

O investidor qualificado é uma classificação criada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) em 2004, pela Instrução 409, que dispõe sobre fundos de investimentos, e atualizada pela Instrução CVM 554/2014, com o objetivo de proporcionar maior proteção aos cotistas dos fundos. A condição de investidor qualificado foi pensada de modo a distinguir aqueles com maior conhecimento sobre o mercado financeiro, em especial sobre fundos de investimento.

De acordo com a regra em vigência, são considerados investidores qualificados as pessoas físicas e jurídicas que possuem investimentos de valor igual ou superior a R$ 1 milhão e que atestem esta condição por escrito. Também são considerados investidores qualificados os administradores de carteiras e consultores de valores mobiliários em relação às suas próprias carteiras, instituições financeiras, companhias seguradoras e sociedades de capitalização, entidades de previdência complementar, fundos de investimento destinados apenas a investidores qualificados e regimes de previdência social instituídos pela União, por Estados, pelo Distrito Federal ou por Municípios.

Apenas os agentes citados acima podem investir em fundos cujo público-alvo seja os investidores qualificados, pois estes fundos têm regras mais específicas do que os demais. Na prática, a regulamentação que se aplica aos fundos para os investidores qualificados é mais sofisticada do que as dos fundos para o público em geral. Por exemplo, apenas os fundos para investidores qualificados podem investir em BDRs (certificados de ações de empresas estrangeiras negociados na bolsa brasileira) ou cobrar taxa de performance baseada em um benchmark que não representa a classe de ativos da carteira (como, por exemplo, um fundo de ações que cobre taxa de performance sobre o IPCA).

Como a CVM supõe que os investidores qualificados possuem maior conhecimento sobre o funcionamento dos mercados e dos fundos, espera que tenham mais condições de avaliar os riscos a que se expõem do que o público em geral.

Para aplicar em um fundo destinado a investidores qualificados, deve-se, por lei, atestar a condição por escrito, em documento que deve ser entregue ao administrador do fundo de investimento ou ao intermediário.

Se o indivíduo que possui aplicações em fundos dirigidos para investidores qualificados perder, por algum motivo, sua condição, ou seja, se o saldo de suas aplicações for reduzido a valor inferior a R$ 1  milhão, ele não será excluído dos fundos em que já investe e poderá continuar aplicando nesses fundos. Contudo, não poderá ingressar em novos fundos para investidores qualificados, nem mesmo nos que já aplicou um dia caso tenha realizado o resgate.

Na Órama, você tem diversas opções de fundos destinados a investidores qualificados. Para investir e declarar-se como investidor qualificado basta acessar a plataforma online e assinar o termo eletronicamente, sem papel e sem burocracia.

Conheça os fundos disponíveis para investidores qualificados:

BTG Pactual Absoluto LS FIC FIA

Este investimento é ideal para investidores que buscam exposição diversificada em bolsa, com o objetivo de ganhar tanto nos momentos de alta como nos de baixa do mercado acionário com exposição ao mercado nacional e internacional.

Fides Absoluto FIM

Este é o investimento ideal para aqueles que desejam ter uma exposição à bolsa, com um nível de risco reduzido em relação aos fundos de ações tradicionais.

Safari II FIC FIM

Este também é um investimento direcionado àqueles que desejam ter uma exposição à bolsa, com um nível de risco reduzido em relação aos fundos de ações tradicionais.

Órama IP Participações FIC FIA

A IP Capital Partners foi fundada em 1988 como a primeira empresa independente de gestão de recursos constituída no Brasil, e seu primeiro fundo, o IP-Participações, foi lançado em fevereiro de 1993. Apresenta um dos históricos mais longos e rentáveis da indústria de fundos brasileira. Este investimento é a opção para quem busca diversificação nos mercados doméstico e internacional e altos retornos no longo prazo, com um valor inicial de apenas R$ R$ 1 mil.

BTG Pactual Crédito Corporativo I FIC FIM CP

Esse investimento é ideal para os investidores que buscam retornos consistentes acima do CDI, investindo em crédito privado. Fundo premiado com cinco estrelas na edição Top Gestão 2016 no ranking do Valor Investe.

Artesanal FIC FIM CP

Investimento voltado para aqueles clientes que buscam retornos consistentes e acima do CDI investindo em operações de crédito privado.

Empírica Lótus Crédito Privado FIC FIM

A Empírica foi reconhecida como a gestora mais focada em FIDCs pela revista Investidor Institucional em 2015. Este investimento é ideal para aqueles clientes que buscam retornos consistentes e acima do CDI investindo em operações de crédito privado.

Valora Guardian II FIC FIM CP

O fundo apresenta retornos consistentes com baixo risco, devido ao alto nível de subordinação das cotas investidas. Investimento ideal para aqueles clientes que buscam altos retornos acima do CDI, investindo em operações de crédito privado.

Empírica Lótus IPCA FIC FIM CP

Um dos grandes diferenciais do produto, além da excelente relação entre risco e retorno, é a baixa volatilidade. A tese de investimento deste fundo está associada às incertezas da economia de curto e médio prazo, com reflexo direto no comportamento do índice de inflação (IPCA), além de ser uma ótima alternativa de diversificação de longo prazo.

PIMCO Income FIC FIM IE

Este investimento é direcionado para quem busca altos retornos de longo prazo, posicionado de acordo com as perspectivas macroeconômicas globais, sem exposição cambial. A principal vantagem é a flexibilidade que o gestor tem para escolher os ativos e operar de acordo com as oportunidades do mercado internacional. A PIMCO foi fundada em 1971 e está presente em 12 países. Recebeu vários prêmios da Morningstar como Gestor de Renda Fixa do Ano. Atua no Brasil desde 2012.

JP Morgan Global Macro Opportunities FIM IE

Este investimento é ideal para quem busca altos retornos de longo prazo, posicionado de acordo com as perspectivas macroeconômicas globais. A principal vantagem é a flexibilidade que o gestor tem para escolher os ativos e operar de acordo com as oportunidades do mercado internacional.

2 comentários em “O que é o investidor qualificado?

  1. Um órgão público que investe em fundos de investimento, quando não se trata de um fundo de pensão, pode ser considerado um investidor qualificado se atender as exigências? Vocês tem fundos para o setor público?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s