Panorama Semanal de 27 a 31 de março

Condenações, prisões e denúncias marcaram a última semana de março. Para completar, corte orçamentário e alta de impostos.

O juiz Sérgio Moro condenou o ex-deputado Eduardo Cunha a mais de 15 anos de prisão, em regime fechado, por crime de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Cunha, de acordo com Moro, recebeu propina de US$ 1,5 milhão em negócios envolvendo a Petrobras.

Saíram também denúncias da Procuradoria Geral da República envolvendo o governador de Goiás, Marconi Perillo, além de Carlinhos Cachoeira e Fernando Cavendish, em casos de corrupção.

No Rio, a Operação “O quinto do ouro” acarretou na prisão de 5 dos 7 conselheiros do TCE, além da condução coercitiva do presidente da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani. A suspeita é de favorecimento de empreiteiras e empresas de ônibus.

E, também no Rio, a ex-primeira dama Adriana Ancelmo começou a cumprir prisão domiciliar.

Ainda na esfera política, na próxima terça-feira, o TSE começa a julgar o caso envolvendo a chapa formada por Dilma e Temer nas últimas eleições.

Os desdobramentos da Operação Carne Fraca, por sua vez, vêm sendo contornados, com alguns países retirando o embargo, e a EU avisando que vai acompanhar a fiscalização da carne no Brasil. Desde que a operação veio à tona, as exportações já caíram cerca de 20%.

Em medida já aguardada, o governo anunciou um corte de R$ 42 bilhões no Orçamento. E haverá a reoneração da folha de pagamentos das empresas com a contribuição previdenciária, além da incidência de IOF sobre cooperativas de crédito, totalizando cerca de R$ 6 bilhões em receitas.

Em fevereiro, as contas do governo central registraram o pior resultado dos últimos 20 anos, e o déficit ficou em R$ 26 bilhões. Dados do varejo também foram ruins. Já a inflação registrada pelo IGP-M desacelerou para 0,01% em março, com alta de 4,86% em 12 meses.

No exterior, a principal notícia foi o início do Brexit.

No pregão desta quinta-feira, o dólar encerrou a R$ 3,145, com valorização de 0,89%. O Ibovespa, após seis altas, perdeu 0,40%. Pesaram as expectativas de mais altas nos juros americanos este ano e, internamente, a possível revisão da meta de inflação para os próximos anos.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até o dia 31/3, às 6h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s