Panorama Semanal de 1 a 5 de maio

Com a aprovação do texto-base da Reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara que analisa o assunto, um dos principais projetos do governo começa a avançar. Este foi o principal destaque da semana.

Para tal, no entanto, o governo fez mais concessões para servidores, como as mulheres policiais e os policiais legislativos. Durante a sessão, houve protestos de determinadas categorias e da oposição. Os destaques não foram apreciados. Após essa etapa, o texto segue ao Plenário da Câmara.

Um assunto polêmico ao longo da semana foi a liberação do ex-ministro José Dirceu, determinada pelo Supremo Tribunal Federal. Já no âmbito da Lava-Jato, o ministro do STF Edson Fachin, relator do processo, negou pedido de liberdade a outro ex-ministro do governo Lula, Antônio Palocci. E, em nova fase da Lava Jato, deflagrada na última quinta-feira, estiveram no alvo ex-gerentes da Petrobras.

No cenário macroeconômico, a principal repercussão foram os dados da produção industrial, com queda recorde de 1,8% no mês de março. Apesar disso, no trimestre, o país registrou a primeira alta trimestral desde 2014, de 0,6%.

Globalmente, as atenções se voltam para o segundo turno das eleições na França, com Marine Le Pen, de extrema-direita, e Emmanuel Macron, de centro. A decisão acontece neste domingo.

Uma notícia considerada positiva foi a divulgação do PIB da zona do euro, que cresceu 0,5% no primeiro trimestre em relação ao quarto trimestre do ano passado.

Protestos com morte na Venezuela e tensões com a Coreia do Norte continuam no radar internacional.

O Fed, banco central dos EUA, sinalizou que há uma perspectiva positiva sobre a economia do país, mesmo com o crescimento abaixo do esperado no primeiro trimestre deste ano. Isso porque o mercado de trabalho se fortaleceu, está no melhor nível em dez anos. A visão reforçou as expectativas dos investidores quanto a uma nova elevação de juros em junho.

No pregão desta quinta-feira, influenciado pela votação do texto da Reforma da Previdência, juros americanos e commodities em queda, o Ibovespa fechou com queda de 1,86%. O dólar subiu 0,73%, cotado a R$ 3,182.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até o dia 5/5, às 10h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s