A alta da bolsa e os destaques da semana

Panorama Semanal de 21 a 25 de agosto

O anúncio de futuras privatizações, com destaque para a da Eletrobrás, e a aprovação da TLP, renovando expectativas de estímulos econômicos ao país, ganharam as manchetes dos principais jornais do país esta semana.

As concessões ao setor privado de aeroportos, rodovias, Casa da Moeda, empresas públicas, entre outros, farão parte de um pacote com 57 projetos no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). A perspectiva de entrada de receita nos cofres públicos animou os investidores. De acordo com o governo, as privatizações vão gerar mais de R$ 40 bilhões de novos investimentos no Brasil.

Outra notícia de impacto foi a aprovação da TLP, a nova taxa de juros para empréstimos do BNDES, aprovada na Câmara. A TLP é mais próxima dos juros de mercado, diferentemente da TJLP (mais baixa), que até então financiava os investimentos concedidos pelo banco de fomento.

Com novas regras, a liberação do PIS/Pasep para cerca de 8 milhões de trabalhadores também deve injetar mais dinheiro na atividade econômica.

Ainda na economia, destaque para o IPCA-15 de agosto, que registrou alta de 0,35%. No ano, a inflação acumula 1,79%, a menor para o período desde 1994.

Na esfera legislativa, o foco foi a discussão da reforma política na Câmara, com a retirada do valor do Fundo Público Eleitoral do texto da proposta. Mas o sistema eleitoral e a própria existência do fundo ainda não avançaram, com o debate adiado para a próxima semana.

Enquanto isso, na Lava-Jato… O Supremo Tribunal Federal transformou Fernando Collor em réu; a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que vai trocar postos no comando da Operação; e o Ministério Público Federal homologou o acordo de leniência da J&F (holding da JBS), que pagará R$ 10,3 bilhões em multas e ressarcimento mínimo ao longo de 25 anos.

Um ponto polêmico foi a extinção, pelo presidente da República, Michel Temer, de uma reserva na Amazônia, liberando a exploração mineral na área. Uma nota trágica foram os naufrágios ocorridos no país.

No exterior, a tensão tende a aumentar no Afeganistão, com o presidente americano, Donald Trump, direcionando mais forças ao país.

No pregão desta quinta-feira, influenciado pelas medidas de estímulo à economia, o Ibovespa fechou em alta de 0,92%, aos 71.132 pontos, no maior nível desde janeiro de 2011. O dólar encerrou cotado quase estável (0,09%), a R$ 3,147.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até o dia 25/8, às 10h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s