Como degustar um fundo de investimento

A primeira vez que dirigi um carro automático foi na concessionária. O vendedor, percebendo minha indecisão de motorista adepta do câmbio manual por mais de 20 anos, foi categórico:

“Só uma voltinha no quarteirão e você não vai querer outra coisa da vida”, disse, convencido do bom produto que tinha em mãos.

Ele acertou em cheio, e aquele “test drive” foi decisivo. Comprei o carro e não me arrependo.

Não é de hoje que o varejo sabe que “test drives” são uma arma importante na indústria automobilística, bem como é a degustação para a indústria do vinho ou o “tester” na prateleira das maquiagens (afinal, quem é a louca de comprar um batom, sem experimentá-lo antes nos lábios?).   

Com DNA inovador e o foco sempre na educação financeira, a Órama percebeu que, nos investimentos, a decisão não é muito diferente da que acontece no varejo. E resolveu fazer um “test drive”, ou uma degustação, para os investimentos que oferece.

A ideia de experimentar investimentos encontra ressonância nos números do Brasil. Levantamento recente da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) mostra que somente 24% dos brasileiros economicamente ativos fazem algum tipo de investimento. E a maioria ainda investe na caderneta de poupança!

Assim, em uma campanha inédita, e com excelentes produtos de investimento em suas prateleiras, a Órama lançou a Black November. Com apenas R$ 100, o investidor pode, por exemplo, aplicar em selecionados fundos de investimento que, normalmente, exigiriam até R$ 20 mil de aporte inicial. Oportunidades similares são oferecidas em títulos de renda fixa e em previdência privada.

A ideia é a mesma do carro, do vinho ou do batom. O investidor, com aquele pequeno valor, percebe a qualidade do serviço financeiro e o retorno do investimento escolhido. É uma iniciação no universo das aplicações, que requer um passo de cada vez. A campanha, de conscientização para quem quer avançar nas finanças, vai até o fim de novembro. É a oportunidade para dar aquela voltinha no quarteirão…

Escrito por

Jornalista, bacharel em economia, professora e sócia da Doze+ Comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s