Trump, Fed e os demais destaques da semana

A última semana de 2018 teve declarações bombásticas de Donald Trump, polêmica sobre indulto de Natal e mercados voláteis – como ocorreu, aliás, ao longo de todo o ano que se despede.  

Trump afirmou que o Fed (banco central americano) é o único problema do país, criticando o ritmo de alta das taxas de juros do país.  Num vaivém de declarações, ele disse, depois, que confia no trabalho do Fed e do seu presidente, Jerome Powell – sinalizando que não deve demiti-lo.

Este foi um dos motivos da volatilidade na semana, fazendo as bolsas globais despencarem em alguns momentos. Em Tóquio, a desvalorização diária no início da semana chegou a 5%.

E os Estados Unidos vivem ainda o “drama” de um shutdown parcial, com a paralisação de serviços públicos, na ausência de um acordo entre Trump e os democratas sobre a aprovação do Orçamento.

Ainda no cenário externo, destaque para testes nucleares hipersônicos da Rússia e para a afirmação do presidente Vladimir Putin de que o país terá seu primeiro grupo de mísseis hipersônicos instalados em 2019.

Internamente, o presidente Michel Temer parece ter recuado da sua decisão inicial de não editar o decreto de indulto de Natal, que perdoa judicialmente presos por crimes não violentos.

E enquanto o Ministério Público tentava ouvir pela terceira vez a versão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, ele deu entrevista ao SBT e alegou que sua movimentação financeira atípica se dá devido a compra e venda de veículos (“Sou um cara de negócios”).

Na economia, foi divulgado o resultado das contas públicas em novembro, um déficit de R$ 16 bi. Até novembro, o buraco é de R$ 88,5 bi – apesar de elevado, recuou 17% em relação ao mesmo período de 2017.

A taxa de desemprego recuou para 11,06% no trimestre encerrado em novembro. São 12,2 milhões de pessoas, segundo o IBGE.

A inflação medida pelo IGP-M encerrou o ano em alta de 7,54%. Em 2017, o indicador sofreu deflação de 0,52%.

Mediante pressão no dólar, o BC atuou no mercado de câmbio nos últimos dias e, no pregão desta quinta-feira, a moeda americana fechou em queda de 0,68%, cotada a R$ 3,89. O Ibovespa, por sua vez, subiu 0,38%, para 85.460 pontos.

Obrigada, bom fim de semana, uma ótima virada de ano e até o próximo Panorama Semanal, já em 2019.

*Dados atualizados até o dia 28/12, às 10h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s