Os investimentos em Janeiro – Semana 3

A semana foi de alta nos mercados acionários. O Ibovespa bateu novo recorde ao fechar acima dos 96 mil pontos, alta de 2,6%, já muito próximo de atingir 100 mil pontos.

O S&P500 subiu 2,9% e o MSCI World, 2,2%.

O cotação do dólar frente ao real registrou alta de 0,9%, a R$ 3,75.  A moeda inglesa foi negociada a US$ 1,2881.

O preço do petróleo WTI subiu a US$ 53,56.

O yield das Treasuries de 10 anos subiu para 2,784%, depois de chegar a 2,553 % no início de janeiro.

Por aqui, os contratos do DI, com vencimento em janeiro/2025, foram negociados a 8,94%. Os contratos, com vencimento em janeiro/2020, a 6,54%

 

No Brasil

A proposta para reforma de Previdência já está nas mãos do presidente Jair Bolsonaro.

Na noite de domingo, o presidente embarcou para Suíça para o Fórum Econômico de Davos. Será uma espécie de prova de fogo para a agenda liberal de Bolsonaro e sua política antiglobalismo.

As notícias envolvendo o filho do presidente, o senador eleito Flávio Bolsonaro, sobre movimentações bancárias, que apareceram em relatório do COAF, aumentam a tensão em Brasília.

Bolsonaro sancionou o Orçamento para 2019, com dois vetos parciais, que somam R$60 milhões (R$ 50 milhões no Incra e R$ 10 milhões para o CNJ).

O IPC-FIPE da segunda semana de janeiro veio acima do esperado, 0,24% contra 0,11%.

O IBC-Br de novembro foi de 0,29, acima das expectativas de 0,16%.

O crescimento das vendas no varejo em novembro, divulgado pelo IBGE, foi de 1.5%, acima das expectativas do mercado.

 

Uma pesquisa do Bank of America Merrill Lynch (BofA) com gestores de fundos apontou otimismo com os novos rumos políticos e econômicos de Brasília.

A opinião desses investidores é importante porque eles são responsáveis por administrar quase US$ 300 bilhões (US$ 1,1 trilhão) em recursos. O otimismo pode representar dinheiro entrando nos nossos mercados. Com o título “Brasil: hora de brilhar”, o levantamento do banco americano mostra que, para 91% dos entrevistados, a reforma da Previdência será aprovada ainda neste ano. E 85% deles acreditam que o país conseguirá recuperar a condição de “grau de investimento”, perdida em 2015.

As ofertas de ações aguardam os 100 dias do novo governo.

 

No exterior

O destaque foi a  derrota de Theresa May no Parlamento Britânico. Os favoráveis à retirada do Reino Unido da União Europeia juntaram-se aos opositores à ideia  e votaram contra o governo com a maioria de 230 votos, sendo a maior derrota da história no governo britânico. Em seguida, uma moção de desconfiança foi convocada pelo líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, mas salvaram a pele de primeira-ministra. Para correr atrás do tempo, pois não será possível apresentar um novo plano ao Parlamento rapidamente, as saídas mais prováveis são: a extensão do prazo ou convocar um novo referendo. O referendo de 2016 já virou filme na HBO. No Brasil, será lançado no dia 2 de fevereiro.

Dados piores do que o esperado na China intensificaram as preocupações com a desaceleração econômica do país. A venda de automóveis caiu 4,1% nos últimos 12 meses e foi a primeira queda no setor desde 1990. As exportações caíram 4,4% em dezembro, em relação ao mesmo mês em 2017 e as importações 7,6%. As importações de bens dos EUA mergulhou 36% em meio ao impasse comercial entre as duas potências. Apesar da imposição de tarifas, a China ainda registrou superávit comercial com os EUA no ano de US$ 323 bilhões, 17% superior ao do ano anterior.

A China confirmou que o Vice Premier Liu He irá a Washington no final do mês para uma nova rodada de conversas.

A paralisação dos serviços públicos americanos por falta de acordo entre sobre as verbas para construção do muro na fronteira do México já entra na quarta semana e é a mais longa da história. O Conselho Econômico disse que o impacto na economia será maior do que o esperado. Em outubro de 2013, o impacto da paralisação de 16 dias foi de 0,3 ponto percentual no PIB do trimestre. Os economistas estimam que se os serviços não voltarem até fevereiro, o PIB pode vir abaixo de 2% no trimestre. Os resultados de pesquisas apontam o presidente Trump como o responsável pelo impasse e pelas consequências do que está acontecendo.

Os grandes bancos americanos reportaram lucros no quarto trimestre de 2018, apesar da queda dos preços dos bonds. O JP Morgan Chase reportou US$ 7,1 bilhões de lucros no período. O Bank of America, US$ 7,3 e o Citigroup US$ 4,3, apesar de multa de US$ 22 bilhões no no final de 2017.

Faleceu o fundador da Vanguard Jack Bogle. Ele revolucionou a indústria dos investimentos nos anos 1970 lançando os fundos indexados e de baixo custo, popularizando Wall Street. A Vanguard é a segunda maior firma de investimento com US$ 4,9 trilhões de ativos sob gestão. Uma das lições que ele nos deixou foi “o tempo é seu amigo, o impulso, inimigo”.

 

Na próxima semana…

A falta de novidades pode resultar em uma postura mais cautelosa do mercado, após o rali do início de ano.

 

Outros

Em 2018, os fundos imobiliários registraram o seu melhor ano. Com entrevistas dos gestores da Rio Bravo, da RBR e da Hedge.

As nossas perspectivas e sugestões de investimentos para 2019 estão consolidadas no eBook disponível para baixar e compartilhar. O material também inclui o resumo da economia e fechamentos dos mercados em 2018.

 

As informações contidas nesse material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Recomendamos o preenchimento do seu Perfil de Investidor antes da realização de investimentos.
LEIA O REGULAMENTO, O FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES E A LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DOS FUNDOS ANTES DE INVESTIR. O REGULAMENTO, O FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES E AS LÂMINAS DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS, QUANDO OBRIGATÓRIOS, ESTÃO DISPONÍVEIS NO SITE DA DISTRIBUIDORA (www.orama.com.br). DESCRIÇÃO DO TIPO ANBIMA DISPONÍVEL NO FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES. FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO. A ÓRAMA SE EXIME DE QUALQUER RESPONSABILIDADE POR QUAISQUER PREJUÍZOS, DIRETOS OU INDIRETOS, QUE VENHAM A DECORRER DA UTILIZAÇÃO DESTE MATERIAL OU SEU CONTEÚDO. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Escrito por

Consultora de investimentos da Órama autorizada pela CVM, CFP® e autora de diversos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s