Declarações fortes de Rodrigo Maia, Paulo Guedes e o destaques do dia 27/03

BRASIL

Após mais um dia de muitas alfinetadas entre o presidente da Câmara dos Deputados e o presidente Jair Bolsonaro, o mercado reage de forma negativa. Dessa vez o índice Ibovespa caiu 3,57%, recuando para 91.903,40 pontos, sendo a máxima na abertura, em 95.297,25 e a mínima, no fechamento.

O DI1F25 (DI para janeiro de 2025) fechou em patamar mais elevado, a 9,08%. A movimentação altista do DI longo se dá devido às incertezas acerca do futuro do país e o mercado exigindo mais prêmio nos negócios de horizonte de prazos mais longos.

Nas ações que compõem o Ibovespa, a única que apresentou alta foi a Suzano, empresa de papel e celulose, grande exportadora, cujo preço reflete a valorização do dólar. A alta foi de 1,27%. As demais ações do índice apresentaram queda, com destaque para OIBR4, que caiu 8,84%, retornando para o patamar de R$1,68. Outro ativo que chamou atenção pela fortíssima queda foi a GOLL4, desvalorização de 8,71%.

Em grande tensão, o setor político nacional enfrenta um período turbulento, principalmente tratando-se da relação entre Maia e Bolsonaro. O presidente da Câmara, em entrevista, disse que já está na hora de Bolsonaro “parar de brincadeira, sentar na cadeira e governar”. O presidente do Bolsonaro claramente não gostou da comentário e retrucou dizendo que não pode agradar a todos os congressistas e que a atitude de Maia foi lamentável.

Refletiu também nos preços das ações as declarações do ministro Paulo Guedes de que se não tiver apoio do presidente e dos parlamentares e que se a reforma não alcançar a economia de um trilhão, deixaria o governo.

A FGV divulgou nesta manhã o Índice de Geral de preços do mercado (IGP-M), com alta de 1,26% comparativamente ao mês de fevereiro, onde a alta foi de 0,88%. Em 12 meses, o índice de preços acumula 8,27%

EUA

As bolsas norte americanas fecharam em queda nessa quarta-feira, o S&P500 fechou o dia com desvalorização de 0,46%. Já o Dow30, teve leve queda de 0,13%. O Nasdaq100 fechou o dia em queda de 0,58%, a 7.308,19 pontos.

O Dólar valorizou frente às outras moedas mundiais, com o índice DXY registrando alta de 0,12%, a sexta alta em sete pregões.

Foi divulgado nessa quarta-feira a Balança Comercial dos EUA, os números apresentados foram bastante negativos. O déficit na Balança Comercial americana foi de US$51 Bilhões, em janeiro. Este é um importante componente para medir o saldo de pagamentos de um país.

Os estoques de petróleo foram divulgados e o volume de 2,800 milhões de barris não são positivos para a commodities. O número elevado impacta o preço do petróleo no curto prazo negativamente.

No âmbito político, representantes dos EUA foram a China, para tratar de assuntos comerciais ainda pendentes.

Hoje a expectativa é para a divulgação do PIB trimestral.

EUROPA

O principal índice europeu, o EuroStoxx50, fechou o dia de lado, leve queda de 0,08%. Igualmente nas outras bolsas da região, destacando o DAX30, que  fechou o dia em queda de 0,01% e também o FTSE50, caindo 0,03%.

Em um tiro de misericórdia, a primeira ministra Theresa May diz que se antes da próxima fase um acordo for aprovado para o Brexit, ela renunciará o cargo.

Foi votado ainda ontem uma série de opções para um possível Brexit, contudo todas as alternativas foram rejeitadas.

Com a possível e eminente saída de May, o Brexit fica ainda mais incerto, visto que o Parlamento está fazendo de tudo para ser o condutor da saída do Reino Unido e que os mesmos se mostram muito distantes de chegar a um consenso. Durante a semana, os parlamentares deixaram claro que não haverá saída sem acordo.

Inicialmente, o Brexit ocorreria amanhã, contudo as indefinições e não aprovação nos acordos propostos por May, fizeram a União Europeia adiar a saída do Reino Unido para o dia 12 de abril. Até lá, o Parlamento britânico vai trabalhar para se aproximar mais da União Europeia para tentar chegar a um acordo e também para afastar May do caso, visto que os mesmos entendem que esta vem sendo um grande empecilho para a aprovação de um acordo comum a todas as partes.

Dólar R$ 3,95 +2,27%
DI  Fut Jan/25 9,08% +24 pbs
Ibovespa 91.903pts -3,57%
S&P500 2.805pts -0,46%

Fontes: Valor, Bloomberg, The Wall Street Journal, Reuters, The Economist, The Guardian, Sputnik

As informações contidas nesse material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser
interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro,
investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s