Reunião de Bolsonaro com líderes de partidos e os destaques do dia 04/04

BRASIL

A bolsa brasileira volta a dar sinais de recuperação, com alta de 1,93%, voltando aos 96.313,06 pontos. A grande motivação dessa valorização foi a reunião do Presidente Jair Bolsonaro com os líderes dos partidos para uma aproximação e conseguir apoio para a aprovação da reforma da Previdência.

O DI com vencimento em 2025 (DI1F25), depois de bater superar 9% na última semana de março, fechou a última negociação a 8,69%.

Os olhares ainda estão voltados para o cenário político, após Paulo Guedes ir à Câmara na tentativa de conquistar mais apoiadores. Ontem foi a vez de Bolsonaro se mobilizar para dar corpo à aprovação da reforma da Previdência. O presidente se reuniu com líderes partidários para tentar “fechar questão”, isto é, conseguir o apoio de todos de um partido em uma determinada votação na Câmara..

EUA

No mercado norte-americano, as principais bolsas trabalharam em alta. Com destaque para o S&P500, que teve alta de 0,21% no último pregão, a 2.879,39 pontos. Seguido pelo índice Dow Jones, que valorizou 0,64%, chegando a 26.384,63 pontos.

O DXY, índice que mede o dólar frente às outras moedas mundiais, está no zero a zero nesta semana, mostrando um clima de espera nos EUA, por conta das negociações com a China.

O Presidente Donald Trump disse que ainda há mais quatro semanas de negociações pela frente, para que todo o imbróglio do acordo comercial seja de fato fechado. Liu He, representante chinês nas negociações, está nos EUA e a expectativa era de que Trump cravasse uma data para se reunir com a cúpula de Xi Jinping, pois após o encontros de ambos, espera-se que uma data seja marcada para a assinatura do acordo comercial.

Embora ambas as partes aleguem grande avanço nas negociações, o presidente norte-americano disse que o acordo ainda está a semanas de ser fechado, e que o feito será algo “monumental”.

EUROPA

No velho continente, o Eurostoxx50, fechou o quinto dia consecutivo em alta, a 0,19% atingindo o patamar de 3.441,93 pontos.

O Banco Central Europeu divulgou a ata da última de política monetária afirmando que irá tomar medidas mais agressivas para impulsionar a economia na zona do euro. A grande preocupação do órgão é que o momento de fragilidade econômica no bloco perdure por mais tempo do que se imaginava.

Na Alemanha, a grande preocupação é com a recuperação econômica. De acordo com o Bloomberg, a nova expectativa para o PIB alemão é de 0,9% no ano, o que causa uma certa preocupação, visto que a estimativa divulgada no início do ano era de 1,8% ao ano. Essa redução na expectativa do PIB é consequência de três fatores principais: (i) as dificuldades macroeconômicas, (ii) as disputas no comércio global, as quais o país não tem conseguido protagonismo, e (iii) um Brexit sem rumo.

Angela Merkel prometeu o apoio à União Europeia para evitar uma fronteira difícil na Irlanda, apesar da preocupação de que isso poderia prejudicar o mercado único no caso de um Brexit sem acordo.

Theresa May já se mobiliza para escrever a Jeremy Corbyn (líder do partido trabalhista) para apresentar a oferta do governo sobre o Brexit, com negociações a serem retomadas em Downing Street hoje. Ela agora terá que correr contra o relógio, conforme o dia 12 se aproxima.

Dólar R$ 3,86 -0,55%
DI  Fut Jan/25 8,69% -9 pbs
Ibovespa 96.313pts +1,93%
S&P500 2.879pts +0,21%

Fontes: Valor, Bloomberg, The Wall Street Journal, Reuters, The Economist, The Guardian, Sputnik

As informações contidas nesse material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s