Ascensão do mercado de trabalho formal e os últimos destaques

BRASIL  

Após um dia de oscilações moderadas, o Ibovespa fechou na sexta-feira com queda de 0,30% aos 93.628 pontos. O índice acumula alta de 4,04% na semana, recuperando parte das perdas do mês. Para analistas, a cautela do dia foi reflexo das expectativas para as manifestações previstas para o domingo.

O dólar fechou cotado a R$ 4,05. Na semana, recuou 1,22%.

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, registrou 0,35% em maio, a menor taxa desde 2016. Essa desaceleração do indicador acompanhou principalmente a queda dos preços e das passagens aéreas.

O mercado de trabalho formal surpreendeu positivamente com a abertura de 129,6 mil vagas em abril. O número veio acima da expectativa de 78 mil empregos e foi o melhor resultado para o mês desde 2013.

Em entrevista exclusiva para a Veja, o ministro  da Economia Paulo Guedes ameaçou renunciar novamente se a reforma aprovada não for robusta o suficiente. Ele defende mudanças que resultem em economia na ordem de um trilhão de reais nos próximos dez anos e a implantação do regime de capitalização.

O clima que andava melhorando no Congresso voltou a azedar. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, chegou a romper com o líder do governo, Major Victor Hugo.

O presidente Jair Bolsonaro não participou das manifestações e recomendou aos políticos que não fossem também. No final do domingo se pronunciou e endossou os protestos, mas fez mea culpa na articulação com o Congresso. Ainda afirmou que vai conversar com os presidente da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal para agilizar as pautas de interesse do governo, quer fazer um pacto para destravar as votações das mudanças.

Nas ruas, os participantes manifestaram insatisfação política sobre diversos pontos. No entanto,  as manifestações ocorreram de forma pacífica, em mais de 150 cidades do país. As principais bandeiras levantadas foram em relação à reforma da Previdência, do ministro Paulo Guedes, e ao pacote anticrime, do ministro Sérgio Moro.

INTERNACIONAL

Os índices americanos fecharam em alta na sexta-feira, mas não conseguiram reverter as perdas ocorridas durante a semana, causadas pelo recrudescimento das tensões comerciais entre EUA e China. O S&P500 subiu 0,14% e registrou recuo de 1,17% na semana. No mês a perda acumulada é de mais de 4%.

Durante um evento na Casa Branca, Trump fez declarações em relação a empresa Chinesa de tecnologia, a Huawei. O presidente afirmou que a gigante poderia ser incluída em um acordo e havia uma boa possibilidade de retomar as negociações comerciais com a China.

Com o discurso do Trump as bolsas na Europa devolveram parte das fortes perdas sofridas na semana, decorrentes das tensões comerciais. O discurso foi interpretado pelos investidores como um abrandamento da retórica americana.

A corrida pela tecnologia 5G pode ser comparada à batalha travada com os soviéticos pela conquista da Lua. De acordo com pesquisas do governo chinês, as duas maiores potências mundiais testarão suas intenções estratégicas e estarão propensas a caprichos, o que dificulta as negociações. Por isso, o impasse deve durar anos.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou que vai renunciar ao cargo em junho. Essa decisão foi tomada após seguidas derrotas na proposta de saída do União Européia. Segundo a agência Moody’s, a notícia é vista como negativa, já que amplia as incertezas em relação ao Brexit. A libra esterlina está cotada a US$ 1,2729.

A ex-presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, surpreendeu ao anunciar que vai concorrer como vice de Alberto Fernández, que foi chefe de estado durante seu mandato. Ela foi julgada essa semana, acusada de receber propina quando estava no comando do país.

Corrigindo o informado no último resumo (24/05/2019), foi o partido do primeiro-ministro Narendra Modi, o partido do povo indiano (BJP), que ganhou as eleições encerradas na quinta-feira, após 42 dias. Com desemprego alto e enfrentando crise econômica, as eleições na Índia se destacaram pelo o uso de redes sociais para se comunicar com apoiadores e eleitores, a hostilidade com a imprensa e a forte ligação com a religião. O resultado demonstrou também a reação ao governo de centro esquerda acusado de corrupção.

Terminou a votação para as eleições do Parlamento Europeu. Os britânicos também votaram.

As ações sobem na Europa nesta manhã, enquanto a Ásia teve um dia sem direção definida. Os títulos soberanos europeus avançam com a vitória dos partidos convencionais contra os populistas nas eleições regionais.

Os futuros oscilam, com o feriado nesta segunda no Reino Unido (Spring Bank Holiday) e nos EUA (Memorial Day), os volumes negociados deverão ser mais reduzidos do que a média.

 

Dólar R$  4,02 +0,18%
DI  Fut Jan/25 8,60%    -4 pbs
Ibovespa 93.627 pts -0,30%
S&P500 2.826 pts +0,14%

Fontes: Valor, Bloomberg, The Wall Street Journal, Reuters, The Economist, The Guardian, Sputnik

 

As informações contidas nesse material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s