Ibovespa bate recorde de 100 mil pontos e os destaques da semana

Panorama Semanal de 17 a 21 de junho*

Em meio a um cenário positivo no exterior e com otimismo interno quanto à tramitação da Reforma da Previdência, o Ibovespa superou a marca dos 100 mil pontos. Este foi um dos destaques da semana de Corpus Christi.

A expectativa é que a Reforma da Previdência seja votada até o início do mês de agosto. O relator, senador Samuel Pereira, descartou reincluir a capitalização no seu parecer. Para o governo, o tema poderá ser tratado em separado, após a aprovação do texto.

Na CCJ do Senado, onde falou por cerca de oito horas sobre as conversas vazadas com o procurador Deltan Dallagnol, o ministro da Justiça, Sergio Moro negou que tenha havido algum tipo de conluio com o Ministério Público quando estava à frente da Operação Lava-Jato. Segundo ele, há um “grupo criminoso” por trás do vazamento. Moro, que não confirmou a autoria das mensagens vazadas, afirmou que deixaria seu cargo se as irregularidades fossem comprovadas.

O Senado derrubou o decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibilizava a posse de armas por civis.

No BNDES, sai Joaquim Levy, entra o economista Gustavo Montezano, que foi sócio do banco BTG.

A Odebrecht, que tem uma dívida de cerca de R$ 98 bilhões, entrou com pedido de recuperação judicial. Cerca de R$ 1 bilhão em bens das empresas e dos controladores, Emílio e Marcelo Odebrecht, foram bloqueados.

Pela décima vez, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a Selic, taxa básica de juros da economia, em 6,5% ao ano.

Nos Estados Unidos, o Federal Reserve (Fed, o BC americano) manteve os juros entre 2,25% e 2,5% ao ano. A autoridade monetária dos EUA indicou que haverá um corte em breve – o que impulsionou o mercado acionário no Brasil. A redução será a primeira em 10 anos.

As tensões entre EUA e Irã aumentaram esta semana, após o abate de um drone que teria invadido o espaço aéreo iraniano. O presidente Donald Trump chegou a autorizar um ataque ao país, mas cancelou na última hora, de acordo com informações do “New York Times”.

Trump, que disputará a reeleição, afirmou que equipes os EUA vão retomar as negociações comerciais com a China antes do encontro do G-20. Em outra frente, Trump fez críticas à própria China e à Europa pelo câmbio desvalorizado.

Na Argentina, o PIB apresentou redução de 5,8% no primeiro trimestre do ano. Em ano eleitoral, o resultado é ruim para o governo de Maurício Macri.

E o Facebook anunciou a Libra, uma criptomoeda – com a parceria de Visa, Mastercard, Uber e PayPal – que, ao atingir a base de usuários da rede social, está sendo vista como uma revolução para milhões de pessoas no mundo sem acesso a transações bancárias.

No pregão da última quarta-feira (devido ao feriado, não houve pregão na quinta-feira), o Ibovespa fechou acima dos 100 mil pontos (100.303 pontos) pela primeira vez, em alta de 0,90%. O dólar caiu 0,25%, cotado a R$ 3,851.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até o dia 21/6, às 9h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s