Economia ao redor da reforma estimada a R$ 900 bilhões e os últimos destaques

BRASIL  

O destaque da semana foi a aprovação do texto-base da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados por larga margem, com 71 votos a mais do que os 308 necessários.

O dólar recuou para R$ 3,7374, queda de 2,07% na semana. O Ibovespa realizou lucro e fechou a semana em queda de 0,18%, a 103.906 pontos. Atrasos e novas mudanças na proposta da reforma poderão resultar em ajustes de preços dos ativos. No mês, o índice da bolsa acumula alta de 2,91%. A expectativa de novos cortes na taxa Selic também explica os números na semana. 

Os contratos futuros do DI com vencimento em janeiro 2025 foram negociados a 6,91%. Queda expressiva, lembrando que há menos de um ano, em novembro de 2018, esses mesmos contratos estavam sendo negociados  a 10%. No momento, o mercado trabalha com corte de 1 ponto percentual na Selic ainda este ano, começando na próxima reunião do Copom, marcadas para 30 e 31 de julho.

A votação dos destaques do texto-base foi concluída na sexta-feira e a economia estimada está ao redor de R$ 900 bilhões, segundo o secretário da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. Os números ainda serão revisados, mas a magnitude já favorece o equilíbrio das contas públicas no longo prazo.  

O secretário afirmou que as perdas ainda poderão ser compensadas com a lei de combate às fraudes no INSS (MP 871). 

A votação em segundo turno do texto-base está agendada para 6 de agosto, na volta do recesso dos parlamentares. A ideia é que seja possível votar em dois dias e mandar para o Senado no dia 9. Rodrigo Maia pretende começar a contar a partir de hoje as cinco sessões necessária entre o primeiro e segundo turno.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou não correr risco de perder votos até a primeira semana de agosto, mas a oposição entende que com a ida dos deputados para seus estados, o governo deverá perder votos. Os deputados podem mudar o voto do primeiro turno. Durante esse intervalo, poderá aumentar a pressão sobre os parlamentares. Outros acreditam que com a ida dos deputados para as suas bases, será possível aumentar o percentual de votos. É o que vamos ver no segundo semestre. 

No segundo turno, só poderão ocorrer alterações supressivas, ou seja, a exclusão de partes do texto. Na sequência, a proposta vai para a CCJ do Senado, para depois ser votada também em dois turnos. Se os senadores modificarem o texto,  a parte alterada terá de voltar para Câmara. Segundo Rodrigo Maia, as mudanças na aposentadoria de servidores de estados e municípios ainda podem entrar na reforma pelo Senado. 

O Ministério da Economia revisou para baixo as projeções para o PIB em 2019, para 0,81% ante a expectativa de crescimento de 1,6%, conforme o Boletim MacroFiscal da Secretaria de Política Econômica do Ministério. Foi prevista também uma inflação menor para 2019, de 4,1% para 3,8%, abaixo da meta estabelecida para 2019 que é 4,25%, mas dentro do intervalo de tolerância entre  2,75% e 5,75%.

O novo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, trabalha na elaboração de um programa de desinvestimento para ser anunciado a partir de setembro. A carteira inclui ações de empresas de setores como energia elétrica, siderurgia, saneamento, petróleo e imobiliário e totalizam R$ 110 milhões. Entre as  cinco metas propostas para a sua gestão estão acelerar a venda de ativos, fixar o plano trienal, melhorar a relação com os clientes, devolver recursos ao Tesouro Nacional (R$ 126 bilhões este ano) e continuar o processo de abrir a caixa preta do BNDES, conforme demanda do presidente Jair Bolsonaro.

A indicação do parlamentar Eduardo Bolsonaro para embaixador do Brasil nos Estados Unidos, enfrenta a resistência de diplomatas, embaixadores e políticos, apesar da prerrogativa do presidente para nomear um representante diplomático.  Se Eduardo Bolsonaro for indicado, o nome precisará ser aprovado pelo Senado e ele será sabatinado na Comissão de Relações Exteriores. O guru da família, Olavo de Carvalho, comentou que a ida de Eduardo Bolsonaro para Embaixada seria um retrocesso. Ainda sugeriu que ele deveria se dedicar à investigação do foro de São Paulo, organização que reúne partidos de esquerda na América Latina, e que a mudança seria a destruição da sua carreira.

Como sugestão de leitura, fica a entrevista de Armínio Fraga nas páginas amarelas da Veja. Perguntado se está otimista com o Brasil, o economista respondeu que não, mas que continua esperançoso. Ele elencou alguns dos muitos problemas do país: fragmentação, polarização política, desequilíbrio fiscal, desemprego, desalento, desigualdade crescente e produtividade estagnada. Afirmou ainda que o Brasil não está pronto para crescer e que a reforma da Previdência é o primeiro passo. Concorda com a agenda econômica liberal de Paulo Guedes, mas vê com certo receio as posições mais radicais,  às vezes exóticas, do governo.  

INTERNACIONAL

Dados divulgados na semana mostraram que a produção industrial da zona do euro subiu em maio, alta de 0,9%. Na China, por outro lado, o números apontaram queda de 7,3% nas importações em junho e recuo de 1.3% na exportações para o período. O índice Stoxx Europe 600 acumulou perdas de 0,84% na semana.

Os índices acionário de Wall Street fecharam a última sessão da semana em alta, registrando novos recordes. O S&P500 fechou acima de 3000 pela primeira vez, avançou 0,76% na semana. O NASDAQ, acima de 8000 pontos, com alta 1,01% na semana.

As moedas emergentes foram beneficiadas em relação ao dólar com a indicação de que os bancos centrais devem voltar a cortar juros.

Para o presidente do banco central americano, a perspectiva econômica nos Estados Unidos não melhorou, após a divulgação dos dados do mercado de trabalho. As incertezas sobre o crescimento global e uma inflação fraca são os riscos. Na ata do Banco Central Europeu, sinais de que novos estímulos estão sendo considerados pelos membros da autoridade monetária. 

O presidente do banco central americano, Jerome Powell, avisou que os planos do Facebook de criar a moeda digital chamada Libra traz sérias preocupações. Em discurso no Congresso, afirmou que o Facebook deveria se endereçar o medo da privacidade, lavagem de dinheiro, proteção do consumidor e estabilidade financeira antes de se mover adiante com o projeto. 

O Deutsche Bank revelou os detalhes do plano de reestruturação de  €7.4 bilhões ($8.3 bi). Serão fechadas as unidades de operações de ações globais e cortadas 18.000 vagas. Será criado um “bad bank” para manter os ativos com problemas. O CEO, Christian Sewing, espera que o movimento corte os custos em €6 bilhões .

Nesta manhã, as bolsas na Ásia e na Europa operam em alta, assim como os futuros de Nova Iorque. Começa a temporada de balanços do segundo trimestre.

Dólar R$  3,7375   -0,46%
DI  Fut Jan/25 6,91%   +9 pbs
Ibovespa   103.906 pts -1,18%
S&P500 3.013 pts +0,46%

Fontes: Valor, Bloomberg, The Wall Street Journal, Reuters, The Economist, The Guardian, Sputnik

As informações contidas nesse material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s