A Medida Provisória sobre o saque do FGTS e do PIS/Pasep e os destaques da semana

BRASIL EM FOCO 

O dólar fechou em seu menor patamar desde 19 de fevereiro, caindo 0,87%, aos R$ 3,7277. Os contratos futuros de juros caíram perto do fechamento. O DI janeiro de 2025 foi de 6,96% para 6,91%.Ibovespa terminou em alta de 0,83%, aos 104.717 pontos. Todos esses movimentos motivados pelas declarações dos dirigentes do FED indicando o corte de juros. 

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o anúncio da Medida Provisória que tratará do saque do FGTS e do PIS/Pasep só será feito quarta ou quinta-feira da semana que vem.  (Valor)

Apesar do clima de férias desde o início da semana, o recesso no Congresso só se iniciou oficialmente ontem. A constituição só autoriza férias de julho a congressistas se a Lei de Diretrizes Orçamentárias for aprovada, mas parlamentares suspendem atividades no chamado recesso branco. (Nexo)

Com a “mais abrangente reestruturação previdenciária” do mundo, segundo,  secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, os cofres públicos do Brasil esperam economizar até R$ 933,5 bilhões em dez anos. (Estadão)

A decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, de suspender todas as investigações com informações compartilhadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e obtidas sem autorização judicial, pode impactar negativamente a entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Segundo a especialista Anamara Osório, o Brasil seria encarado como tendo rompido com um entendimento internacional que estava consolidado há 20 anos. (Valor) 

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

As ações em Wall Street, que exibiram sinais negativos durante toda a sessão, viraram para positivo durante a tarde, mas encerraram com ganhos moderados depois da fala dos Representantes do Banco Central Americano com comentários favoráveis ao corte de juros. O S&P 500 teve alta de 0,36%, aos 2.995,11 pontos. 

“Cortar juros aos primeiros sinais de perigo para a economia” foi a frase proferida pelo presidente do escritório regional de Nova York do FED, John Williams. E o vice-presidente do Fed, Richard Clarida foi mais ou menos na mesma linha defendendo “agir preventivamente quando os juros já estão baixos”. As apostas se direcionam para um corte de 0,5 ponto. (Valor)

O Brexit está com data marcada para o dia 31 de outubro, mas a uma semana da escolha do próximo primeiro ministro, o Parlamento britânico aprovou emendas que dificultam a possibilidade de se levar adiante um plano de Brexit sem acordo.  As emendas exigem que o Parlamento considere questões relacionadas à Irlanda do Norte entre setembro e outubro e impede a suspensão do Legislativo para que a saída do Reino Unido ocorra  (Valor)

Continua a polêmica racista de Donald Trump principalmente contra a deputada muçulmana Ilhan Omar. Em um comício na Carolina do Norte, Trump ficou em silêncio enquanto seus seguidores gritavam  “Mande-a embora, mande-a embora!”. (El País)  

Nesta manhã, as bolsas sobem na Ásia. O índice de Hong Kong avança 1,07% e o Nikkei, 2%. Na Europa, o comportamento é misto e, nos EUA, os futuros apontam para a lado positivo. O rendimento dos títulos do Tesouro americano de 10 anos estão sendo negociados a 2,041%.  (Bloomberg)

RESUMO DOS MERCADOS 

Dólar Comercial R$ 3,7277 -0,87%
DI  Fut Jan/25 6,91% -5 bps
Ibovespa 104.717 pts +0,83%
S&P500 2.995 pts +0,36%
As informações contidas nesse material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s