Reforma da Previdência segue para o Senado e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO

Os mercados estão mais pessimistas em relação a recuperação econômica global, mas o cenário interno de encaminhamento da reforma da Previdência também influenciou os fechamento de ontem. O Ibovespa encerrou em alta de 0,61%, aos 102.782 pontos. No fim do pregão, o dólar registrou alta de 0,50%, aos R$ 3,9746.O DI janeiro/2025 registrou taxa de 6,87%, ante 6,94% do ajuste anterior.

Após a aprovação do texto base da Reforma da Previdência em segundo turno na Câmara, os deputados rejeitaram os destaques apresentados e a votação é finalizada. A proposta segue agora para o Senado e o governo estima a conclusão em 30 de setembro. (UOL)

A indecisão sobre a transferência do ex-presidente Lula da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba para a Penitenciária II de Tremembé, no interior paulista tomou o noticiário de ontem. Por maioria do Supremo Tribunal de Justiça, o ex-presidente continua preso em Curitiba. (El País)

Petrobras modificou, novamente, o formato de divulgação de reajustes de gasolina e de diesel nas distribuidoras. A empresa informará o preço praticado nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro, para a gasolina, o diesel em reais por metro cúbico. ao invés de informar o preço em reais por litro. (Valor)


OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

Após cair mais de 1,90% ao longo do dia, o S&P 500 fechou o em alta de 0,08%, a 2.883,98 pontos,

De olho nessa perspectiva de piora da economia global, ameaçada pela disputa comercial entre Estados Unidos e China, Nova Zelândia, Índia e Tailândia reduziram as taxas de juros. A Austrália manteve a taxa em 1% e o Banco Central japonês demonstrou preocupações com os riscos negativos da atividade econômica.(Valor)

Na Europa, para contribuir com o cenário negativo,  a produção industrial da Alemanha caiu mais do que o esperado em junho, indicando que a maior economia da Europa continua a perder dinamismo e pode ter se contraído no segundo trimestre de 2019. (Valor)

Na Ásia, os mercados seguem sem direção definida, enquanto o iene japonês continua se fortalecendo, cotado a 106,01 por dólar. Na Europa, as bolsas operam outro dia em alta, assim como os futuros dos índices americanos, com os investidores reagindo às tentativas de redução das tensões entre EUA e China. O ouro recua, após ter alcançado o patamar de US$ 1.500 no dia de ontem.


RESUMO DOS MERCADOS

Dólar Comercial

R$ 3,9746

0,50%

DI  Fut Jan/25

6,87%

-7 bps

Ibovespa

102.782 pts

0,61%

S&P500

2.884 pts

0,08%

As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s