Aprovado projeto de lei que classifica nomeação de parentes de autoridades como nepotismo e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO

O otimismo de ontem durou pouco. Com o noticiário externo com resultados negativos na China e Alemanha, e a crise política na Argentina, o Ibovespa registrou queda de 2,94% aos 100.263 pontos com todos os papéis negociados na bolsa no vermelho. O dólar comercial disparou 1,76% a R$4,0386 e os futuros também reagiram com o DI janeiro/2025 fechando pregão regular em 6,96%,

O presidente Jair Bolsonaro, que apoia publicamente a candidatura à reeleição de Maurício Macri, disse, ontem que “bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder” na Argentina, ao comentar a vitória da chapa de Alberto Fernández e Cristina Kirchner nas eleições primárias. (G1)

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara aprovou nesta quarta-feira um projeto de lei que classifica a nomeação de parentes de autoridades para cargos de ministro de Estado e embaixador como nepotismo. Esse projeto pode barrar a indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada nos EUA. O texto ainda precisa ser apreciado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de ir para o plenário da Camada dos Deputados. (Valor Investe)

Contudo, quem preside a CCJ é o deputado federal Felipe Francischini (PSL-PR). que já declarou publicamente que a indicação de Eduardo para a embaixada não é um caso de nepotismo e que o filho do presidente tem qualificações suficientes para representar o país.(UOL)

Além disso, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou que não há “nenhuma chance” de o projeto de lei que trata do nepotismo, virar pauta no plenário antes da sabatina do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o cargo de embaixador nos Estados Unidos. (UOL)

O governo deve apresentar a sua proposta de reforma tributária nas próximas semanas. Os debates giram em torno de três pilares principais: a unificação dos impostos federais, a alteração da tabela do imposto de renda e a criação de um tributo sobre transações financeiras. Para entender melhor a complexa estrutura tributária do Brasil hoje, vale a leitura! (Nexo)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

Nos Estados Unidos, as bolsas também reagiram ao cenário de maior desaceleração global. O S&P 500 teve queda de 2,93% ao fim do pegão aos 2.841 pontos.

Na Argentina, a situação política continua complicada. Em uma tentativa de reverter nas eleições de 27 outubro, o quadro de derrota da prévias de domingo, Maurício Macri anunciou ontem uma série de medidas econômicas destinadas aos trabalhadores e às pequenas e médias empresas. As medidas envolvem tanto bônus e pagamentos extras a trabalhadores, aumento do salário mínimo e o congelamento do preço da gasolina por 90 dias. (G1)

O Peso Argentino segue se desvalorizando, com o dólar fechando em alta de 7,43%. (Valor)

Na China, a produção industrial subiu 4,8% em relação ao ano anterior, as vendas no varejo cresceram 7,6% e o investimento em ativos fixos desacelerou para 5,7% nos primeiros sete meses. Enquanto alguns efeitos sazonais provavelmente comprimiram os dados, todos os resultados foram inferiores aos previstos por economistas em uma pesquisa da Bloomberg. (Bloomberg)

A desaceleração atingiu também a Alemanha. A resiliência econômica do país está em xeque, alimentando temores de uma recessão e aumentando a pressão sobre o governo para entregar um pacote de estímulo fiscal. Os dados econômicos divulgados ontem revelam que a economia alemã encolheu 0,1% no segundo trimestre de 2019, tendo crescido 0,4% no primeiro trimestre. A desaceleração global foi amplificada internamente pelos conflitos comerciais e pela incerteza do Brexit. (CNBC)

Nesta manhã, as autoridades chinesas afirmaram que as tarifas adicionais que os EUA planejavam impor violavam o consenso acordado pelos líderes dos dois países em Osaka. As bolsa caem na Ásia e na Europa. Os futuros das bolsas americanas apontam também para uma sessão negativa. O ouro é cotado a US$ 1.525 e os juros dos títulos do Tesouro dos EUA estão abaixo de 1,55%.

O mercado vai ficar de olho nos dados de vendas do varejo e produção industrial de julho que serão divulgados nos EUA. No Reino Unido, as vendas no varejo subiram 0,2%, puxadas pelas promoções online.

RESUMO DOS MERCADOS

 

Dólar Comercial

R$ 4,0386

1,76%

DI  Fut Jan/25

6,96%

9 bps

Ibovespa

100.258 pts

-2,94%

S&P500

2.841 pts

-2,93%

ÓRAMA NA MÍDIA

No nosso Blog, tem um post novo sobre como esse cenário de taxas de juros mais baixas afeta o consumo. Venha conferir!

As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s