Exportação de carros montados no Brasil cai 34,6% e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

A expectativa de progresso nas conversas entre EUA e China, marcadas para outubro, pesaram no avanço da bolsa no Brasil. O Ibovespa terminou com alta firme de 1,03%, aos 102.243 pontos. No fim do pregão, a moeda americana era cotada a R$ 4,1094, alta de 0,10%. Já o DI para janeiro de 2025 cedeu de 6,99% para 6,98%, perto da estabilidade.

O subprocurador Augusto Aras foi o nome indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir Raquel Dodge e assumir a Procuradoria Geral da República. Aras, que estava fora da lista tríplice elaborada pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), precisa ainda passar por uma sabatina e ser aprovado pelo Senado. Se autorizado, seu mandato começa no próximo dia 18. (Poder 360)

Nos dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores),  a exportação de veículos montados no Brasil caiu 34,6% em agosto, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em comparação com julho deste ano, a queda foi de 12,8%. No acumulado do ano, a retração foi de 37,9% na comparação com o mesmo período de 2018. Como 70% da exportação brasileira se destina a Argentina, a crise no país vizinho prejudica bastante esse setor no Brasil. (Poder 360)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

Com  a perspectiva da retomada do diálogo sobre a guerra comercial, o S&P 500 teve alta de 1,30%, fechando a 2.976 pontos.

O Ministério do Comércio chinês anunciou que China e Estados Unidos concordaram em realizar a 13ª rodada de consultas econômicas e comerciais de alto nível no início de outubro em Washington. Segundo o jornal chinês China Daily, o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, convidaram o vice-primeiro-ministro chinês Liu He para uma conversa, e os dois lados concordaram “em tomar medidas concretas para criar condições favoráveis para consultas bilaterais“. (China Daily)

O déficit comercial do EUA caiu 2,7% em julho, o que corresponde a US$ 54 bilhões de diferença entre exportações e importações americanas. O relatório Departamento do Comércio mostra que o déficit comercial de bens dos EUA com a China cresceu 9% para US$ 32,8 bilhões. (Valor)

O presidente Hasan Rohani do Irâ anunciou que, a partir de hoje (06/09), o país irá reativar sua instalação de centrífugas para acelerar o enriquecimento de urânio. O Irã se comprometeu a limitar seu programa atômico em troca da suspensão das sanções internacionais que sufocam sua economia. Desde a retirada unilateral de Washington, em maio de 2018, as exportações de petróleo iranianas caíram 80%. Hoje é o último dia do prazo para que a compra de petróleo seja restabelecida. (El País)

A situação da Argentina está complicada. Apesar de ter conseguido rolar US$ 8 bilhões em dívidas de curto prazo, ainda sim o país não consegue pagar tudo que deve até o fim do ano. Para chegar a Dezembro sem decretar calote, o governo da Argentina precisa receber os US$ 5,4 bilhões solicitados ao Fundo Monetário Internacional (FMI), previsto para outubro. (Valor)

Para encerrar a semana, os mercados avançam positivamente refletindo as boas notícias que circularam nos últimos dias. Se o bom humor vai continuar, isso dependerá dos dados do mercado de trabalho americano (Payroll) e do discurso do presidente do Fed, Jerome Powell. O mercado espera por uma sinalização sobre o corte da taxa de juros dos EUA na próxima reunião de política monetária em 17/09|18/09. O ouro cai perto de 1%. 

RESUMO DOS MERCADOS

Dólar Comercial  R$ 4,1094 0,10%
DI Fut 6,9% -1 bps
Ibovespa 102.243 pts 1,03%
S&P 500 2.976 pts 1,30%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s