Alexandre de Moraes abre divergência de Toffoli e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

O Ibovespa reagiu e avançou 1,54%, aos 107.497, após recomendação de compra de ações por grandes instituições como UBS, Credit Suisse e BTG Pactual. As ações da Gerdau subiram mais de 7% e da Usiminas, 6,7%. O Dólar Ptax ficou de lado e fechou a R$ 4,2012. No entanto, os juros futuros abriram, com o DI Futuro para janeiro de 2025 sendo negociado a 6,45%.

No julgamento sobre investigações baseadas em dados da Receita e do UIF (antigo Coaf), o segundo a proferir o voto foi Alexandre de Moraes. O ministro abriu divergência do relator Dias Toffoli e se manifestou favorável à Receita poder compartilhar os dados com órgãos de investigação, além de considerar que o Coaf pode produzir relatórios sob encomenda, desde que dentro dos parâmetros legais. Ele também defendeu que, embora a Constituição garanta proteção, essas premissas de vida privada não deveriam servir como escudo para práticas criminosas. Após o voto, a sessão foi suspensa e será retomada na quarta-feira. O próximo a votar será o ministro Edson. (EBC)

Ontem foi o lançamento Aliança pelo Brasil, o novo partido do presidente Jair Bolsonaro. São necessárias 491 mil assinaturas físicas e válidas até abril, para o partido participar das eleições municipais em 2020. Sem poder utilizar a assinatura digital. A estratégia será tentar utilizar a biometria para cumprir a exigência a tempo. (G1)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

Os sinais conflituosos sobre o andamento para finalizar a fase um do acordo comercial entre Washington e Pequim, explicaram os movimentos de queda das bolsas no exterior. O S&P500 recuou 0,16%. Em busca de porto seguro, os investidores voltaram a comprar títulos do Tesouro dos EUA e o yield despencou para 1,7466%.

Enquanto o principal dirigente comercial chinês se manifestou cautelosamente otimista para concluir a fase um do acordo com os EUA, se Trump assinar a legislação em favor dos manifestantes em Hong Kong, o conflito entre as duas nações pode escalar. Dia 15 de dezembro é o prazo para a imposição de novas tarifas sobre produtos importados da China.

As ações da TD Ameritrade avançaram com a notícia que a Charles Schwab Corp está negociando comprar a corretora. (Bloomberg)

Nesta manhã na China, em reunião com visitantes internacionais, o presidente Xi Jinping declarou que trabalha para finalizar a fase um do acordo com os Estados Unidos, baseado em respeito mútuo e igualdade. (Bloomberg)

Fechando a semana, as bolsas subiram no Japão e em Hong Kong, mas recuou na China, o índice Shanghai Composite caiu 0,63%. Na Europa, as bolsas operam em leve alta. O viés dos futuros dos índices de Wall Street também é positivo. 

 RESUMO DOS MERCADOS 

Dólar PTAX  R$ 4,2012 – 0,06%
DI Fut Jan/25  6,45% + 6 bps 
Ibovespa  107.497 pts + 1,54%
S&P 500 3.103,54 pts – 0,16%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s