Mercado de commodities e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

A bolsa no Brasil acompanhou o movimento do mercado nos EUA e o Ibovespa fechou em alta de 0,76% aos 114.629,21 pontos, recuperando parte das quedas recentes. O Dólar PTAX recuou 0,52%, para R$ 4,2475 na venda. Os contratos de DI para Janeiro de 2025 eram negociados a taxa de 6,15%, recuo de 9 pontos base.

O Ministério da Saúde do Brasil informou nesta segunda-feira (03) que caiu para 14 o número de casos suspeitos de infecção por coronavírus no país. Mesmo sem nenhum caso confirmado até agora, o governo decidiu declarar o surto como “emergência de saúde pública”. (Poder 360)

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro não pretende promover uma reforma ministerial e que o titular da Educação, Abraham Weintraub, permanecerá no cargo. (Folha)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

Nos EUA, o S&P 500 fechou o dia em alta de 0,73% aos 3.248,92 pontos. Na China, entretanto, o índice da bolsa de Xangai teve forte queda de 7,72%, o que de certa forma já era esperado pois os mercados na China estavam fechados desde o dia 24 de janeiro. 

No mercado de commodities, os contratos futuros do petróleo fecharam em forte queda nesta segunda-feira. O petróleo Brent para abril fechou em queda de 3,83%, a US$ 54,45 por barril, acumulando perdas de 20,98% em relação ao pico alcançado no dia 6 de janeiro, de US$ 68,91. O petróleo WTI para março, por sua vez, recuou 2,81%, a US$ 50,11 por barril, acumulando perdas de 20,79% desde o pico de US$ 63,27, alcançado no mesmo dia. (Valor)

O caucus de Iowa, o primeiro evento do calendário pela definição do democrata à corrida presidencial nos EUA, frustrou os candidatos, eleitores e analistas. Até o momento, os resultados não foram divulgados por inconsistência nos dados, segundo o Partido Democrata do estado. Para modernizar o sistema e ser mais transparente foram implementadas nova tecnologia e regras complexas. (NYT)

Nesta manhã, considerando a evolução dos casos de coronavírus e as medidas para conter o surto, as bolsas subiram na Ásia, com os índices da China e Hong Kong registrando alta de mais de 1%. Na Europa, as bolsas também operam em alta de mais de 1%. Os futuros de Nova York, apontam para um dia positivo.

Dólar PTAX R$ 4,2475 – 0,52%
DI Fut Jan/25 6,15% – 9 bps 
Ibovespa 114.629,21 pts  + 0,76%
S&P 500 3.248,92 pts  + 0,73%

TÓPICO DO DIA 

Na coluna semanal no Valor Investe, o economista da Órama, Alexandre Espírito Santo escreve sobre suas perspectivas para o mercado financeiro atual. Ele entende que, frente ao surto de coronavírus, muitos “achismos” andam circulando e que seria interessante aguardar para termos mais convicção sobre uma mudança de posição (seja compra ou venda).

As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe uma resposta