Divulgação de resultados do quarto trimestre e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

Os sinais de desaceleração da economia brasileira pressionou o Ibovespa que terminou o dia em baixa de 1,11%, aos 114.381 pontos. Na semana, contudo, ainda acumula alta de 0,54%. O Dólar PTAX fechou a R$ 4,3163, em queda de 0,52%, nos últimos 5 pregões, a alta foi de 0,20%. A taxa dos contratos de DI para Janeiro de 2025 caiu 12 pontos-base, sendo negociada a 5,96%. Na semana, a queda foi de 24 pontos.

Na sexta, o IBGE divulgou a PNAD Contínua trimestral. A taxa de desocupação do país no 4º trimestre de 2019 foi de 11,0%, caindo 0,8 ponto percentual em relação ao trimestre de julho-setembro (11,8%). Entre os jovens de 18-24 anos, porém, a taxa de desemprego ficou em 23,8% no mesmo período. É interessante notar também que a informalidade em 2019 ficou em 41,1% da população ocupada. Esse número reflete também na taxa média anual de contribuição previdenciária que é de 62,9%. (IBGE)

O Banco Central divulgou o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado uma “prévia” do resultado do Produto Interno Bruto (PIB). O indicador aponta que a economia brasileira cresceu 0,89% em 2019. Todavia, em dezembro, a atividade contraiu 0,27% na comparação dessazonalizada com novembro. As estimativas para o PIB de 2020 começam a ser revisadas. (BC)

O setor bancário foi o grande destaque na semana de divulgação de resultados do quarto trimestre. Itaú Unibanco, Banrisul, Banco do Brasil, BMG e BTG Pactual reportaram seus números. Santander e Bradesco divulgaram na semana anterior. O volume financeiro distribuído pelos quatro maiores bancos brasileiros (Santander, Banco do Brasil, ItauUnibanco e Bradesco) em dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) no ano de 2019 foi de R$ 58 bilhões, equivalente ao valor de mercado do Grupo Natura no dia 13 de fevereiro de 2020. O valor de 2019 é o maior da série histórica da amostra que se inicia em 2008. O Bradesco registrou o maior crescimento percentual entre 2019 e 2018 com aumento de 173,8%, seguido pelo Banco do Brasil com crescimento de 69,3%. O lucro líquido nominal acumulado pelos quatro bancos no ano de 2019 foi de R$ 81,5 bilhões, que é o maior valor já registrado. Mesmo ajustando os valores históricos pela inflação, o lucro de 2019 também foi o maior. (Economática)

A greve dos petroleiros entrou em sua terceira semana seguida com efetivos reduzidos em 56 plataformas e 12 refinarias, segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP). A Petrobras nega impactos na produção e informa que mantém a operação de todas as suas unidades. O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, enviou ofício ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) alertando para o fato de que a Petrobras, visando a uma solução temporária, alocou equipes de contingência para atuar nas unidades operacionais, mas que a situação “foge da normalidade, ao que, infelizmente, tal solução não se sustentará ao longo do tempo”. A greve ocorre em meio a uma disputa com a Petrobras no TST. (Valor)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

O S&P 500 terminou o pregão aos 3.380,16 pontos, subindo 0,18%.

O turismo é um setor que o coronavírus deve causar impactos mais evidentes. O surto pode custar à indústria global cerca de US$ 80 bilhões em receita perdida, entre agências de viagem, hotéis, companhias aéreas, etc. Os países da ASEAN (Associação de Nações do Sudeste Asiático) são os mais afetados por serem mais dependentes dos turistas chineses. As empresas do setor já anunciam que é improvável que o setor se recupere antes do segundo semestre de 2021. (South China Morning Post)

Já foram confirmados mais de 71.000 casos de coronavírus no mundo e 1.775 mortes. (Mapa Bloomberg)

A vitória de Sanders, nas primárias democratas em New Hampshire, alavancou sua confiança. Já pensando em Nevada e Carolina do Sul, próximos Estados de votação, ele afirmou que “venceria esses estados também”. De acordo com o site RealClearPolitics, em âmbito nacional, o senador progressista lidera com 23,6%, seguido de Biden com 19,2%. Depois de entrar na disputa em novembro, o bilionário Michael Bloomberg, que não participa das primárias de fevereiro, aparece em 3º com 14,2% e supera Warren, com 12,4%. Buttigieg fica com 10,6% e Klobuchar 4,6%.

Os mercados abriram em queda na Ásia, com as ações no Japão recuando perto de 1%, após o país divulgar contração mais forte do que o esperado, antes do impacto do coronavírus. O recuo de 1,6% em relação ao trimestre anterior, é o pior número para o PIB nominal do Japão, desde a posse do primeiro-ministro Shinzo Abe. (Bloomberg)

Na China, o mercado operou no azul e o índice Shangai Composite registrou alta de 2,28%, após o governo chinês sinalizar estímulos para enfrentar a crise provocada pelo surto do coronavírus. Na Europa, as bolsa também se animaram e o viés dos futuros de Wall Street é positivo, apesar de ser feriado nos EUA, dia do Presidente. Na quarta sai a ata do banco central americano, o Fed.

RESUMO DOS MERCADOS

Dólar PTAX R$ 4,3163 – 0,52%
DI Fut Jan/25 5,96% – 12 bps 
Ibovespa 114.381 pts – 1,11%
S&P 500 3.380,16 pts + 0,18%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

 

Deixe uma resposta