Como investir no Mercado Futuro

Agora que você já sabe o que é o Mercado Futuro, é hora de entender como fazer esse tipo de investimento. Esse é o tema do segundo texto do nosso parceiro Augusto Maurício, da Euroinvest. Confira a seguir:

(Se você ainda não leu o primeiro texto, confira aqui.)

  • Como operar no mercado futuro?

Diferente da negociação de ações na B3 (Bolsa de Valores), no mercado futuro não é necessário efetuar o desembolso integral da compra dos contratos na sua totalidade.É preciso apenas ter saldo em conta na corretora, seja em dinheiro ou ativos, para arcar com a oscilação diária. Chamamos esse saldo de margem de garantia. Na prática, você entra na operação e, naquele instante, não desembolsa ou recebe dinheiro. O impacto no seu patrimônio deriva, exclusivamente, da oscilação do preço.

Essa margem de garantia é fixada observando o limite de oscilação diária, que é o percentual máximo que um determinado contrato pode variar durante o dia, tanto na valorização quanto desvalorização.

Assim, o investidor não tem como ganhar ou perder mais do que essa variação máxima diária permitida. Caso em algum dia o limite seja alcançado, a corretora B3 suspende a operação.

Os limites diários são:

  •         Dólar = 6%
  •         Mini Dólar = 6%
  •         Índice = 10%
  •         Mini Índice = 10%
  •         Açúcar = 6,5%
  •         Boi Gordo = 3,5%
  •         Café = 9%
  •         Etanol = 6%
  •         Milho = 5%
  •         Soja = 5%

*OBS: Os limites diários listados acima podem sofrer alteração a critério da B3.

Em razão do mercado futuro exigir apenas a margem financeira para operar, é possível trabalhar com muito mais dinheiro do que realmente se tem. Chamamos isso de alavancagem.

Ficou confuso? Vamos a um exemplo.

Um contrato de mini índice (BM&F – B3) está cotado hoje em R$ 22.514,00. Se você operasse sobre este valor, consequentemente ganhando sobre esta quantidade de dinheiro, precisaria ter apenas uma margem na corretora (15%), ou seja, R$ 3.380,00.

Agora, pensando que consiga uma valorização de 3%, o seu lucro seria de R$ 675,00, com apenas R$ 3.380,00 em conta na corretora.Praticamente 20% de ganho sobre o seu capital.

Já no mercado agrícola, em que as variações diárias são menores e tem-se uma maior estabilidade, a margem de garantia é ainda menor, entre 3 e 6%.

Neste caso, supondo que negocie café no mercado futuro. É possível negociar R$ 200.000,00 com apenas R$ 9.800,00 de margem de garantia. Isso inclusive facilita o uso dessas operações por produtores rurais, por exemplo, para proteger o preço de suas colheitas. Explicaremos melhor essas operações de hedge no próximo post!

Por isso muitos traders profissionais optam por trabalhar no mercado futuro. É um “mundo de oportunidades” para bons operadores e com alto potencial de ganho.

  • O que é preciso para investir no mercado futuro?

Para investir no mercado futuro, seja em índices, moedas ou commodities, é preciso abrir conta em uma corretora.

A corretora funciona como uma espécie de intermediário. Você envia a ordem de compra ou venda, seja pelo sistema home broker ou ligando para a mesa de operação e solicitando. Fazendo isso, a corretora realiza o registro da ordem na B3. 

Criada a conta você terá de confirmar seus dados cadastrais e, claro, fazer o depósito de, no mínimo, a margem de garantia para operar o ativo que desejar.

  • Cuidados e riscos de operar no mercado futuro

O Mercado Futuro da B3 é arriscado devido à alavancagem. Embora tenha alta lucratividade, se não for trabalhado com moderação, e dentro de um gerenciamento de risco, os prejuízos podem ser grandes.

Quanto mais próximo do vencimento do contrato, maior a volatilidade diária e oscilações.

Cuidado com as notícias que influenciam o mercado financeiro e, principalmente, o seu ativo negociado. Se possível, fique afastado durante o momento da divulgação e os primeiros 30 minutos. A não ser que esteja operando com base fundamentalista, e no aguardo da publicação dessas informações.

Agora que você já conhece como funciona, como opera e quais são os riscos, confira no próximo post para que serve o mercado futuro.

 

Augusto Maurício é Sócio Diretor na Euroinvest e parceiro Órama

Um comentário em “Como investir no Mercado Futuro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s