Impacto do coronavírus nas metas da Apple e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

Os impactos do coronavírus em empresas internacionais está começando a ganhar contornos mais definidos e o anúncio da previsão de resultados menores por parte a Apple elevou o nível de cautela dos investidores e puxou também o principal índice brasileiro para baixo. O Ibovespa chegou a cair mais de 1,5%, contudo ao longo do dia recuperou parte das perdas e fechou em queda de 0,29% aos 114.977,29 pontos.  O Dólar PTAX avançou 0,73% e era cotado em R$ 4,3471 na venda. A taxa dos contratos de DI com vencimento para Janeiro de 2025 subiram 6 pontos-base e retomou o patamar dos 6,00%.

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, voltou a afirmar que o câmbio é flutuante e que a atuação do Banco Central é um recurso quando há a percepção de disfuncionalidade como a falta de liquidez ou movimento exagerado. Ele ainda reforçou que a meta do BC é a inflação e que a desvalorização atual do real é muito particular, pois veio acompanhada de uma melhora na percepção do risco, bolsa perto das máximas e taxa de juros no menor nível da história. (Valor)

Ainda sobre o BC, a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou o PL que trata da autonomia da instituição. O texto fixa em quatro anos o mandato do presidente do BC, que deve começar no primeiro dia do terceiro ano de mandato do presidente da República, e prevê que, dos oito diretores do Banco Central, dois seriam nomeados a cada ano de governo. Na visão dos autores, os mandatos intercalados com o do presidente reduzem o risco de pressões políticas. O projeto ainda terá de passar pelo Plenário. A Comissão já tinha aprovado o projeto no ano passado, mas emendas propostas no Plenário levaram a uma reavaliação. (Agência Senado)

Jair Bolsonaro saiu em defesa do ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o ministro possui “alguns problemas pontuais como todos nós temos”, e que Guedes não pediu para sair e fica no cargo “até o último dia” de seu governo. (Folha)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

Os mercados americanos retornaram pós-feriado sem direção única. O S&P 500 caiu 0,29%, a 3.370,29 pontos, enquanto o Nasdaq conseguiu virar para terreno positivo e subiu 0,02%, a 9.732,74 pontos, renovando o recorde de fechamento anotado na última sexta-feira.

Uma das principais notícias do dia foi anúncio que a Apple não deve conseguir cumprir suas metas do primeiro trimestre. O impacto do coronavírus na China afeta tanto o fornecimento de insumos quanto na venda final de Iphones. A China sozinha foi responsável por 17% das receitas da empresa em 2019. (Bloomberg

O  empresário e ex-prefeito da cidade de Nova York, Michael Bloomberg, se qualificou para o seu primeiro debate presidencial democrata, hoje (19) em Las Vegas. Bloomberg atingiu 19% nacionalmente em uma nova pesquisa divulgada na terça-feira, ficando em segundo lugar, atrás do senador Bernie Sanders, com 31%, completando assim, sua 4ª pesquisa com mais de 10% das intenções de voto. O Comitê Nacional do Partido Democrata foi criando critérios de participação nos debates para restringir o número de participantes. Nos primeiros, em junho e julho do ano passado, subiram ao palco 20 pré-candidatos. Cada debate terá um parâmetro diferente, e para o do dia 19-fev os critérios são: aparecer em duas pesquisas com 12% ou mais em Nevada e/ou Carolina do Sul; ou quatro pesquisas com 10% ou mais nesses estados ou em pesquisas nacionais; ou ainda os candidatos também podem se qualificar ganhando pelo menos um delegado nos comitês de Iowa em 3 de fevereiro ou nas primárias de New Hampshire em 11 de fevereiro. Até agora, além de Sanders, e Bloomberg, Joe Biden, Elizabeth Warren, Pete Buttigieg e Amy Klobuchar vão participar do debate. O próximo embate público será no dia 25. (The New York Times)

Nesta manhã, confiantes na habilidade das autoridades de política monetária em conter a desaceleração em função dos impactos da epidemia do coronavírus sobre as economias, os investidores voltaram às compras. As bolsas fecharam em alta na Ásia e avançam na Europa. O viés dos futuros de Nova York também é de alta.

RESUMO DOS MERCADOS 

Dólar PTAX  R$ 4,3471 + 0,73%
DI Fut Jan/25 6,00% + 4 bps 
Ibovespa  114.977,29 pts  – 0,29%
S&P 500 3.370,29 – 0,29% 
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

 

Deixe uma resposta