Para que serve o Mercado Futuro?

No terceiro texto do nosso parceiro Augusto Maurício, sobre Mercado Futuro, você vai entender para que ele serve e aprender um conceito novo. Confira a seguir:

(Se você ainda não leu os primeiros textos, pode começar aqui.)

  • Para que serve o mercado futuro?

O mercado futuro tem dois objetivos. Um deles é permitir o HEDGE por parte dos produtores e agricultores, e reduzir os riscos da variação dos produtos até a data da colheita. Se você não sabe o que é Hedge, não se preocupe, mais abaixo falamos sobre ele.

O outro objetivo do mercado futuro é criar uma referência de preços uniforme, baseada em oferta e demanda, em um mercado de referência mais líquido, o que faz com que as cotações fiquem dentro de um padrão. A diferença entre o preço negociado e o preço nas praças específicas (na fazenda, por exemplo) é chamado de diferença de base e, em tese, comporta o custo de frete, armazenagem etc. entre a localidade e o mercado de referência.

  • O que é operação em hedge?

Talvez você escute as pessoas falando sobre realizar uma operação em hedge. Isso significa fazer uma operação focada em reduzir riscos (proteção) por meio de um balanceamento.

Há duas formas de trabalhar em hedge. Uma delas é com produtos físicos, e outra com operações na Bolsa de Valores.

Veja os dois exemplos para entender:

Hedge produtor:

João é produtor de trigo e colherá, em novembro de 2020, a quantia de 1000 toneladas de trigo. A tonelada está valendo hoje R$ 958,00. Acontece que João acredita que o valor pode cair até o momento da colheita. Para se proteger, ele faz a venda de 1000 toneladas de trigo por meio de contrato no mercado futuro, com vencimento em novembro e valor de R$ 958,00.

Se em novembro o trigo custar R$ 758,00, João realizará a compra por este valor no mercado futuro e receberá a diferença (R$ 958 – R$ 758 = R$ 200 por tonelada). Já ao vender as toneladas colhidas, terá o prejuízo idêntico. Com isso o risco foi neutralizado. É isso que chamamos de operação em Hedge.

Hedge Investidor:

João comprou ações da VALE e da PETROBRAS, mas está com receio de que elas caiam no decorrer do mês. Para se proteger, ele pode realizar a venda (operação oposta da compra, ganhando-se quando a cotação cai) de contrato de Índice B3 (IBOV). Assim, se as ações compradas caírem, o índice oscilará junto, fazendo com que João fique próximo do zero a zero.

Agora, no nosso próximo post , você vai entender que tipo de ativo é negociado no mercado futuro.

Augusto Maurício é Sócio Diretor na Euroinvest e parceiro Órama

3 comentários em “Para que serve o Mercado Futuro?

  1. O mercado futuro serve para ser estudado com poder da nossa mindset, psicológico financeiro, ampliar nossa visão econômica e projetar recursos em segurança, calcular e comparar demandas de mercado e produções em escala e trazer para nossos prazos mensuráveis.

  2. Olá, Flávia!
    É muito legal o seu interesse pelo assunto! Se quiser saber mais sobre como funciona essa operação na prática, é só conferir o próximo texto: “O que é negociado no Mercado Futuro”. Bons investimentos!

Deixe uma resposta