Nova declaração de Paulo Guedes e os destaques da semana

Panorama Semanal de 17 a 21 de fevereiro*

A semana que antecede o carnaval foi de preocupação com o coronavírus, o que se refletiu em quedas nas bolsas de valores e alta do dólar.

Apesar da redução no número de novos casos do coronavírus, a situação é incerta. De acordo com a OMS, apesar de ser baixa a quantidade de infectados fora da China, não há garantias de que a situação permaneça assim.

Ao mesmo tempo, em ata, o Federal Reserve (Fed, banco central americano) afirmou que ainda é cedo para se ter a noção do impacto econômico causado pela epidemia.

No Brasil, assunto de destaque foi o tiro que atingiu o senador Cid Gomes, no Ceará, em um protesto de PMs. Cid Gomes avançou com um trator contra policiais grevistas. O presidente Jair Bolsonaro disse que enviará Forças Armadas ao Ceará.

Em meio a um clima de tensão com o Congresso, o governo adiou o encaminhamento da Reforma Administrativa para depois do carnaval.

Politicamente, repercutiu a presença do juiz Marcelo Bretas em palanque com Bolsonaro.

Bolsonaro também esteve nas manchetes e redes sociais após declarações a respeito da jornalista da Folha de S.Paulo, Patrícia Campos Mello.

A morte de Adriano da Nóbrega, ex-capitão do Bope, continua gerando polêmica, com perícias ainda em andamento. O caso envolve o nome de Flavio Bolsonaro, que nega ter tido proximidade com Nóbrega.

Na esfera econômica, o ministro da Economia, Paulo Guedes, desculpou-se por sua declaração sobre as domésticas, mas continuou criticando viagens ao exterior, em um contexto que influencia a alta da moeda americana.

Em medida para ampliar o crédito e estimular a economia, o BC afrouxou o compulsório bancário, liberando cerca de R$ 135 bilhões.

Entre as divulgações da semana, destaque para o recorde da arrecadação federal de R$ 174,9 bilhões em janeiro, bem como para o baixo percentual do IPCA-15 em fevereiro, de 0,22% – também um recorde.

Recordes ainda nas cifras de empresas como Petrobras e Caixa, com resultados positivos nos balanços. Em 2019, o lucro da Petrobras – que enfrenta uma greve dos petroleiros, suspensa temporariamente – foi de R$ 40,1 bilhões, alta de 55% ante o ano anterior. Já o da Caixa dobrou para R$ 21 bilhões.

A Vale, por sua vez, teve prejuízo de US$ 1,6 bilhão no ano passado, após os impactos da tragédia de Brumadinho.

Nos EUA, além do debate mais acalorado entre os candidatos democratas, é notícia de jornais a briga do presidente Donald Trump contra o Departamento de Justiça, em episódio em que concedeu indulto a 11 condenados por crimes de colarinho branco. A interferência no julgamento de seu amigo Roger Stone também rende polêmica.

No pregão desta quinta-feira, o Ibovespa recuou 1,66%, a 114.586 pontos. O dólar fechou em novo recorde nominal, alta de 0,61%, cotado a R$ 4,39.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

Bom carnaval!

*Dados atualizados até o dia 21/2, às 9h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s