PMI na China retorna para índice acima de 52 pontos e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

A bolsa no Brasil acompanhou o movimento no mercado acionário americano e o Ibovespa fechou a 74.639 pontos, alta de 1,65%. O Dólar PTAX era cotado a R$ 5,1594, avançou 0,95% no dia. No mercado de juros, o DI para Janeiro de 2025 era negociado a taxa 6,77% reduzindo 23 pontos base.

No Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central, houve uma redução na projeção do mercado para o PIB em 2020 pela sétima vez seguida. A estimativa atual é de contração de 0,48%. A expectativa do IPCA também diminui para 2,94% e o mercado também está esperando mais 25 pontos base em corte de juros. (Banco Central)

No Brasil, o coronavírus já matou 159 pessoas e contaminou 4.579 com 323 novos casos.  (Painel Coronavírus)

Líderes do Senado Federal divulgaram nesta segunda-feira manifesto pedindo que o Brasil siga as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e façam isolamento social para enfrentar a crise do coronavírus. (Poder 360)

Na mesma linha, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, contrariou o presidente Jair Bolsonaro e pediu que sejam mantidas as recomendações de isolamento feitas pelos estados para conter o avanço da epidemia de coronavírus.  (O Globo)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

Os índices acionários em Nova York tiveram ganhos consideráveis na segunda. O S&P 500 subiu 3,35%, a 2.626,65 pontos. 

O número de casos confirmados de COVID-19 no mundo ultrapassou a marca do 800.000 casos, com 38.714 mortes. (Johns Hopkins University)

A pandemia de coronavírus está ampliando as perspectivas de uso dos corredores logísticos construídos sob a Iniciativa Cinturão e Rota  (Belt and Road Initiative). Em 21 de março, um trem carregado com 110.000 máscaras médicas e 776 roupas de proteção partiu de Yiwu, no leste da China, com destino à Espanha devastada. A viagem de 13.000 quilômetros de distância leva hoje 17 dias. As ferrovias e a ajuda na área da saúde estão sendo importantes instrumento de diplomacia da China nesse momento de luta contra o COVID-19. (Forbes)

Na China, o receio de uma segunda onda de contágio de casos importados, já vem mobilizando esforços há semanas. A última diretriz anunciada na segunda pelo Conselho de Estado, órgão máximo da administração pública no país, diz respeito a ampliar a capacidade de identificação de casos assintomáticos. Com isso, é possível ter um processo mais “cirúrgico” de isolamento permitindo que, de forma ordenada e ainda com bastante cautela, as atividades comecem a retomar aos poucos. O governo, contudo em nenhum momento deixou de reconhecer os riscos e dificuldades da contenção da epidemia no país. Àqueles que atravessaram as fronteira terrestres e hidroviárias estão sujeito a quarentena, exceto residentes na fronteira, diplomatas, comércio e pessoas envolvidas na cooperação econômica, científica e tecnológica. (State Council)

A Casa Branca e o Congresso estão preparando a quarta rodada de estímulos econômicos para enfrentar os impactos da paralisação pelo coronavírus. A líder Democrata Nancy Pelosi disse que seu partido está coletando informações sobre o que será preciso para antecipar o pico do surto. Entre outras medidas estão a assistência financeira para o mercado de hipotecas e a indústria de viagens. (Bloomberg)

Na China, o PMI retornou para 52 pontos em março, após o recorde de baixa de 37 em fevereiro. A volta para o índice acima de 50 é positiva, mas um mês apenas é pouco para fazer previsões neste momento. (Bloomberg)

Nesta manhã, os mercados operam sem direção definida na Europa, assim como fecharam na Ásia. Os futuros de Wall Street operam de lado. O petróleo sobe 8%.

RESUMO DOS MERCADOS

Dólar PTAX R$ 5,1594 + 0,95%
DI Fut Jan/25 6,77% – 23 bps 
Ibovespa  74.639 pts  + 1,65%
S&P 500 2.626,65 pts + 3,35%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s