Expansão da oferta de petróleo e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

Com o avanço exponencial do coronavírus, os ativos de risco continuam sofrendo perdas. O Ibovespa fechou o dia aos 70.966,70 pontos em queda de 2,81%. O dólar PTAX era cotado na venda a R$ 5,2404 subindo 0,80%. Nos juros, o DI para janeiro de 2025 ficou de lado aos 6,85%

Três novas medidas foram anunciadas pelo governo federal: a desoneração do IOF sobre operações de crédito por 90 dias, o diferimento do PIS/Cofins e da contribuição patronal; e o adiamento do prazo para entrega das declarações de imposto de renda das pessoas físicas para 30 de junho. (Valor)

A proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria o chamado “orçamento de guerra” começou a tramitar na terça-feira (31). A PEC dispensa o cumprimento das restrições constitucionais e legais no caso do aumento de despesas ou da renúncia de receitas. A chamada “regra de ouro”, que proíbe a realização de operações de crédito (emissão de títulos) que excedam as despesas de capital (investimentos e amortizações), também é suspensa enquanto durar a calamidade. O refinanciamento da dívida pública poderá ainda ser usado para pagar juros. O texto também autoriza, apenas durante a crise, o Banco Central a comprar e vender direitos creditórios e títulos privados de crédito. Cada operação deverá ser autorizada pela Secretaria do Tesouro Nacional, que imediatamente informará o Congresso, e exigirá aporte de capital do Tesouro de pelo menos 25%. (Agência Câmara de Notícias)

O presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que os bancos estrangeiros suspenderam praticamente todo o financiamento aos bancos no Brasil, complicando a situação de restrição de liquidez, em meio à crise do coronavírus. Contudo, garante que as taxas de juros média nas operações de varejo, tanto de pessoas físicas quanto pessoas jurídicas, ficaram de forma geral estáveis. (Valor)

No Brasil, os casos confirmados de coronavírus saltaram pra 6.836 e 241 óbitos. (Painel Coronavírus)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

Com os investidores vislumbrando um lockdown mais longo, que provavelmente impactará negativamente os lucros e dividendos das empresas, os índices de ações dos EUA caíram pela terceira vez em quatro dias. O S&P 500 recuou 4,41% aos 2.470,50 pontos.

O presidente dos EUA, Donald Trump, convidou executivos do setor de petróleo para a Casa Branca para discutir, na sexta-feira, possíveis maneiras de ajudar a indústria atingida pela queda na demanda de energia durante o surto de coronavírus e a guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia. (Reuters)

A oferta de petróleo está se expandindo em meio à guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia, enquanto a demanda pela commodity retrai cada vez mais. Sem movimentos nas estradas, com os aviões em solo, e fábricas fechadas, esse excesso de oferta pode implicar que o mundo ficará sem espaço para armazenar todos os barris de petróleo disponíveis. A diminuição da capacidade de armazenamento pode fazer com que, em alguns casos, os produtores de petróleo necessitem pagar para se livrar dos barris, o que significa que o barril pode ficar com preço abaixo de zero. (CNN)

No mundo, os casos de coronavírus somam 951.901 com 48.284 mortes. Nos EUA, os casos confirmados saltaram para 216.722. (Johns Hopkins)

O petróleo sobe mais de 9%, após a China, maior importador da commodity do mundo, divulgar plano para aumentar suas reservas aproveitando os preços baixos. O WTI está sendo negociado a US$ 22,18 e o Brent a US$ 27,12. (Bloomberg)

Nesta manhã, as bolsas fecharam sem direção definida na Ásia e operam levemente positivas, na Europa. Os futuros de Wall Street estão sendo negociados em alta de 1%.

RESUMO DOS MERCADOS 

Dólar PTAX R$ 5,2404 + 0,80%
DI Fut Jan/25 6,85% – – bps 
Ibovespa 70.966,70 pts  – 2,81%
S&P 500 2.470,50 pts  – 4,41%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe uma resposta