Lançamento do sistema de cadastro para o coronavoucher e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO

A desaceleração do crescimento de casos de coronavírus em algumas regiões do mundo impulsionou o Ibovespa para um segundo dia de alta. Ontem a alta foi de 3,08% aos 76.358 pontos. O dólar PTAX era cotado, na venda, a  R$ 5,2217, em queda de 0,48%. No mercado de juros, o DI para janeiro de 2025 ficou estável sendo negociado à taxa de 7,01%.

O governo federal, em conjunto com a Caixa, lançou o sistema de cadastramento para o “coronavoucher“. Por aplicativo ou pelo site os trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único e têm direito a receber o auxílio emergencial durante a pandemia de coronavírus já podem se inscrever. O primeiro pagamento deverá ser liberado até 14 de abril. (Governo Federal)

Ibre/FGV e o Itaú Unibanco divulgaram nesta terça-feira novas projeções para a economia brasileira estimando uma retração de 3,4% na atividade para 2020. (Valor)

Sobre o uso de medicamento à base de cloroquina, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, disse que o Ministério da Saúde não vai tomar medidas contra médicos que a prescreverem para o tratamento de pacientes em estágios iniciais da Covid-19, mas que cada profissional deve se responsabilizar individualmente, pois ainda é cedo para que o órgão faça um recomendação ampla. (O Globo)

No Brasil ao todo são 13.717 casos confirmados e 667 óbitos. Foram 114 mortes em um dia, um recorde até o momento. A taxa de letalidade subiu mais ainda, para 4,9%. (Painel Coronavírus)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

As incertezas do cenário global e doméstico americano não sustentaram as altas dos índices do início do pregão. O S&P 500 zerou os ganhos e terminou o dia em queda de 0,16% aos 2.659,41 pontos.

Pelo Twitter, Donald Trump, trocou farpas com a OMS acusando o organismo de ter “estragado tudo”. Disse que apesar de grande parte do financiamento vir dos EUA a OMS se tornou Sinocêntrica. Ainda acrescentou que “Felizmente, rejeitei o conselho deles de manter nossas fronteiras abertas à China desde o início.”

Na China, sem novas mortes na parte continental pela primeira vez, Wuhan, o epicentro inicial do coronavírus, começou a suspender as restrições de viagens, após quase 11 semanas de bloqueio. (XInhua)

S&P Global Ratings rebaixou a nota de crédito soberano em moeda estrangeira de longo prazo da Argentina de “CCC-” para “SD” (Default Seletivo) e a nota de curto prazo, de “C” para “SD”. No dia 6 de abril, o país adiou o pagamento de juros e principal de sua dívida até dezembro de 2020, o que configura “default” segundo os critérios da agência, levando à revisão da nota.  (Valor)

No mundo, o número de casos confirmados chega a 1.441.128 e 81.259 mortes. Os EUA concentram 399.929 dos infectados com 12.911 óbitos. Nova York, Nova Jersey, Louisiana e Illinois relataram seus maiores números de mortes diárias com o novo coronavírus na terça-feira, refletindo uma escalada vertiginosa nas mortes nos EUA. (Johns Hopkins)

Na ausência de notícias nesta manhã, as bolsas fecharam sem direção definida na Ásia. Enquanto o índice Nikkei do Japão avançou 2,13%, o Hang Seng de Hong Kong cedeu 1,17%. Na Europa, as bolsas estão operando no vermelho. Os futuros de Wall Street oscilam entre leve queda e leve alta. O dólar segue forte, o petróleo Brent acima de U$ 30 e o ouro estável, a US$ 1.687.

RESUMO DOS MERCADOS

Dólar PTAX R$ 5,2217 – 0,48%
DI Fut Jan/25 7,01% – – bps
Ibovespa 76.358 pts  + 3,08%
S&P 500 2.659,41 pts  – 0,16%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s