Coronavírus: especialista avalia que momento é oportuno para investimentos em Fundos de Crédito Privado

Gestor da Angá Asset, Fred Lima afirma que a crise impactou mais a liquidez do que a qualidade dos ativos; ele foi mais um convidado das lives que a Órama promove em seu perfil no Instagram para debater os reflexos da pandemia no mercado.

Nos Fundos de Crédito Privado, a pandemia do novo coronavírus e os abalos nos mercados ao redor do mundo provocaram uma crise de liquidez, muito mais do que um impacto na qualidade de crédito. A análise é do economista e especialista em Fundos de Crédito Privado Fred Lima, gestor da Angá Asset.

Ele foi o convidado da estrategista chefe da Órama, Sandra Blanco, em uma das lives promovidas no perfil da plataforma no Instagram. A Órama está apresentando uma programação especial de conteúdos que analisam os impactos da covid-19 no mercado e na economia em geral, com transmissões, discussões e textos diários.

Segundo Lima, a pergunta do investidor, atualmente, é quando os índices vão voltar aos patamares anteriores. Para o economista, especificamente nos ativos financeiros de Renda Fixa, o horizonte é mais claro para a recuperação. Ele frisa que o prazo é o vencimento dos papéis adquiridos.

“No universo da Renda Fixa, com a constatação de que uma instituição, como um banco ou empresa, não vai quebrar num futuro próximo, você claramente consegue uma previsão de que essa perda momentânea vai voltar. Por outro lado, quando a economia vai voltar é uma pergunta mais complexa, que envolve questões relacionadas à saúde pública e à pandemia”, aponta.

Questionado sobre o Fundo Angá Portfólio, Lima defende que houve uma remarcação muito agressiva em algumas Letras Financeiras, em especial ligadas a carteiras de Crédito Consignado. Isso acabou por refletir na cota, juntamente com a falta de liquidez enfrentada pelo mercado.

“Houve uma quantidade enorme de vendedores e poucos compradores, quando muita gente precisou fazer liquidez no mercado. É um momento de ‘iliquidez’ em patamares inéditos, o que reflete na cota. Ao menos, temos um horizonte muito claro de recuperação da cota do Fundo. Temos 58% do Fundo em Títulos Públicos e não precisamos nos desfazer de nenhum papel”, explica o gestor da Angá Asset.

Em sua opinião, o momento é apropriado para o investidor colocar os Fundos de Crédito Privado em sua carteira, visto que, com as remarcações, a taxa de carregamento o retorno desses Fundos os tornam atraentes ante outros ativos de Renda Fixa.

Questionado por Sandra sobre sua análise para a recuperação da economia, Lima avalia que a retomada será mais ágil nos Estados Unidos e em países com nível de atividade mais acelerado. No Brasil, as medidas de liquidez do Banco Central e do governo federal se mostram relevantes, porém, ele diz que o desafio é fazer os recursos chegarem à ponta, referindo-se aos trabalhadores e micro e pequenos empresários.

“Só há uma certeza nesta confusão toda. A crise é passageira. Daqui a um ano, isso vai ter passado. Há setores que vão reagir mais rápido e outros que vão sofrer mais. Eu tenho um moderado otimismo. Acho que a retomada da economia não será tão rápida, em V, mas sim no formato de U”, pondera.

Para finalizar, Lima afirma que estão ocorrendo evoluções importantes para as companhias, em especial em processos de segurança e digitalização, que vão se refletir em mudanças para o futuro. “Tudo o que não dava para ser feito teve de ser feito. As pessoas e as empresas precisaram se adaptar, e isso fica como aprendizado”, completa.

Em sua programação especial sobre os impactos do coronavírus na economia e nos mercados, o nosso blog  tem conteúdos diariamente, assim como orientações para os investidores. Todos os dias, às 10h, há o “Panorama Diário”, com as principais notícias do Brasil e do mundo. Também está disponível por completo no blog um curso de educação financeira.

No perfil do Instagram, a programação de lives continua, com análises e discussões de convidados e especialistas da plataforma sobre o mercado financeiro.

Programação

Instagram @oramainvestimentos

Segunda-feira (13/04):

15h – Live com Pedro Junior, CTO da Órama, e o Dr. Marco André Urbach Mezzasalma, psiquiatra, que vai trazer dicas de como cuidar da saúde mental durante a quarentena.

18h30 – Live com Sergio Franco, do time de Renda Variável da Órama, e Hugo Azevedo, head comercial da plataforma: o que tem acontecido no mercado nas últimas semanas?

Terça-feira (14/04):

18h30 – Live: a estrategista chefe da Órama, Sandra Blanco, convida Victor Bidetti e Angelo FerrarettoI, da Integral BREI Real Estate.

Quarta-feira (15/04):

12h – Live #HugoResponde com Partiu Poupar.

18h30 – Live: Felipe Cunha, do time de Asset da Órama, fala sobre Debêntures e investimentos em ouro.

Quinta-feira (16/04):

12h – “Live Trader”: Renata Lima, do time de Golden Traders da Órama, recebe o pessoal da Trade Machine.

18h30 – Live com Sandra Blanco, e Werner Mueller Roger, da Trígono Investimentos.

Sexta-feira (17/04):

18h30 – Live com Alexandre Espirito Santo e Hugo Azevedo: panorama dos últimos acontecimentos do mercado de Ações.

Blog Órama

Segunda a sexta-feira:

10- “Panorama Diário”

Spotify Órama

Terça-feira (14/04):

12h – Podcast com o psicólogo financeiro Celso Sant’ Ana

Fonte: G.Lab

Deixe uma resposta