Exoneração de Luiz Henrique Mandetta do cargo de Ministro da Saúde e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

O desempenho do índice da Bolsa brasileira refletiu o noticiário externo e também doméstico, com a demissão do ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta pesando para o campo negativo. O Ibovespa fechou em baixa de 1,29%, aos 77.812 pontos. O dólar PTAX era cotado, na venda, a R$ 5,2377, em queda de 0,38%. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2025 recuou 18 pontos base, sendo negociado à taxa de 6,09%. 

Por discordância com a presidência em relação à condução da pandemia, Luiz Henrique Mandetta foi exonerado do cargo de Ministro da Saúde. O posto agora é ocupado pelo oncologista Nelson Teich. O novo ministro disse que está alinhado ao presidente Jair Bolsonaro, que atuará de forma “técnica e científica” e que não haverá mudanças bruscas ou radicais a respeito do isolamento social. (Folha)   

Em entrevista à CNN, Bolsonaro atacou o presidente da Câmara Rodrigo Maia, apontando que o mesmo parece querer derrubá-lo e não estaria agindo com o patriotismo necessário do momento. Maia, por sua vez, alegou que Bolsonaro está tentando desviar o assunto da demissão do Mandetta e que não vai responder.

O número de casos confirmados no Brasil já passam dos 30.425 e as mortes somam 1.924.  (Painel Coronavírus)  

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

A expectativa de flexibilização do isolamento social pesou mais do que os impactos da pandemia no desemprego, que atingiu níveis recordes, e os índices americanos encerraram o pregão em terreno positivo. O S&P 500 avançou 0,58%, sendo negociado aos 2.799,55 pontos.

Na semana passada, mais 5,2 milhões de americanos pediram o auxílio-desemprego. Com o valor anunciado ontem, o número ultrapassa os 22 milhões de trabalhadores, um total recorde que reflete um amplo choque no mercado de trabalho dos EUA. Isso significa dizer que 13% da força de trabalho americana foi dispensada nas últimas 4 semanas.  (WSJ)

O governo americano propôs um guia de três fases para a reabertura econômica intitulado “OPENING UP AMERICA AGAIN. A autonomia para a condução da reabertura gradual foi dada aos governadores que devem analisar suas condições locais e, um passo de cada vez, poderiam começar a reabrir empresas, restaurantes e escolas até 1º de maio ou antes, se quisessem. Uma reversão na postura anterior do presidente que afirmou possuir plena autoridade para tomar tal decisão. O documento, contudo, não tem caráter vinculativo, são sugestões de conduta. (The New York Times)

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) reduziu sua previsão para a demanda global de petróleo para 2020 e alertou que pode não ser a última revisão em queda. A OPEP agora vê uma contração da demanda global de 6,9 milhões de barris por dia (bpd), em comparação com um pequeno aumento previsto no mês passado, devido ao surto de coronavírus. (Reuters)

Há sinais de que um tratamento para os casos mais graves de infectados pelo novo coronavírus esteja próximo. O relato de um teste realizado em Chicago com o remdesivir, da biofarmacêutica Gilead, utilizado em pacientes com Ebola, apresentou resultados promissores, com os enfermos apresentando rápida recuperação para os sintomas de febre e dificuldade respiratória. (Bloomberg

Nos EUA, os casos confirmados avançam e totalizam 674.425, com 33.286 óbitos. O número de contaminados pelo coronavírus no mundo chegou a 2.169.022 e 146.071 mortes. (Johns Hopkins)

O produto interno bruto da China encolheu 6,8% em relação a 2019. Esse é o pior desempenho desde 1992, quando começaram as liberações oficiais do PIB trimestral. A previsão mediana do mercado era de queda de 6%. (Bloomberg)

A semana vai se encerrando mais positivamente, com os sinais de coordenação para a volta das atividades nos EUA e do sucesso nos testes para o tratamento do vírus. As bolsas na Ásia fecharam em alta. Com destaque para o Japão, o Nikkei avançou 3,15%. Na Europa, os índices operam em alta de 4%. Os futuros das bolsas de Wall Street também apontam para um dia de alta 2%.

RESUMO DOS MERCADOS 

Dólar PTAX R$  5,2377 – 0,38%
DI Fut Jan/25 6,09% – 18 bps
Ibovespa  77.812 pts  – 1,29%
S&P 500 2.799,55 pts + 0,58%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s