Gestor de Crédito Privado indica revisão das carteiras para curto e longo prazos durante crise

CEO da Devant Asset, Bruno Eiras debateu queda no mercado com pandemia do novo coronavírus e indicou oportunidades, em live no perfil da Órama no Instagram.

O sócio-fundador e CEO da Devant Asset, Bruno Eiras, afirma que o investidor ainda encontra ativos de empresas high grade, líderes do mercado, levando em consideração as projeções de retomada das atividades e recuperação da economia, no pós-pandemia do novo coronavírus.

Segundo o gestor, convidado da estrategista chefe da Órama, Sandra Blanco, em live no perfil da plataforma no Instagram, a indústria de Crédito Privado havia sofrido uma reprecificação no final de 2019, decorrente da compressão dos prêmios dos ativos. Com a pandemia, os Fundos de Crédito Privado foram afetados, como todo o mercado.

“Tivemos perda de 3% a 8% em março na indústria de Crédito Privado de modo geral. Mas grande parte da correção foi mais por consequência da busca por liquidez e disfuncionalidade do mercado do que da piora de risco de crédito das empresas”, comenta.

De acordo com a estrategista chefe da Órama, os Fundos de maior liquidez, ou seja, com prazos de resgates curtos, sofreram mais com os impactos da Covid-19 no mercado brasileiro.

Conforme Eiras explica, 70% dos resgates que levaram à falta de liquidez no mercado foram justamente nos Fundos de resgates curtos. “Fundos tiveram de vender ativos ao mercado e gerar liquidez, movimento que acaba pressionando os preços no mercado secundário. Desde meados de março, vemos empresas líderes de diversos setores cujo spread de crédito era de CDI+1% passar para CDI+4% ou CDI+5%”, relata.

Oportunidades e recuperação

Para o novo investidor, na análise do CEO da Devant Asset, a janela de oportunidades é ampla, com empresas high grade e de ótima avaliação no mercado entregando rentabilidade superior ao esperado em seus Títulos.

Por outro lado, para aqueles que foram surpreendidos pela queda do mercado, consequente do novo coronavírus e do estresse na Bolsa, a recomendação do executivo é olhar os resultados consolidados de sua carteira e considerar a possibilidade de reavaliar as aplicações com foco em horizontes de longo prazo.

“O ideal é ter sempre uma carteira balanceada. Na Renda Fixa, o investidor vai receber o seu dinheiro no vencimento contratado. Se ele sabe que as empresas vão cumprir sua dívida, os títulos vão rentabilizar as aplicações. A rentabilidade será superior (no longo prazo) devido ao carrego dos Fundos estar mais alto”, explica.

Convidado a sugerir investimentos para uma aplicação de R$ 300 mil, o CEO da Devant Asset voltou a frisar a importância de ter uma carteira balanceada. “Indicaria alocar um pouco mais em Renda Fixa de curto prazo, com uma parcela em Títulos Públicos e outra em Fundos de Crédito Privado — divididos entre curto e longo prazos, para potencializar as possibilidades de lucro”, finaliza.

A estrategista chefe da Órama esclarece que a plataforma possui modelos de carteiras de investimentos para os perfis conservador, moderado e arrojado. A Órama conta com assessores financeiros para atender os clientes, entender seus objetivos no curto, médio e longo prazos e ajudá-los a definir seu portfólio de investimentos. Esse atendimento é gratuito, bem como a abertura e a manutenção de conta na plataforma.

O nosso blog  disponibiliza um curso completo de educação financeira para os novos investidores, além de publicações diárias. No perfil do Instagram, a programação de lives diárias continua, com análises sobre o mercado financeiro feitas por convidados e especialistas da plataforma. Confira abaixo a programação completa dos canais digitais da Órama Investimentos:

Programação da semana | Órama Investimentos

Lives no Instagram

Quarta-feira (29/04)

12h00 – #HugoResponde: o head comercial da Órama entra no ar com o Partiu Poupar, para não sobrar nenhuma dúvida sobre investimentos.

18h30 – Sandra Blanco recebe Flavio Kac, da Polo Capital, para uma conversa sobre a performance da gestora durante o ano de 2020.

Quinta-feira (30/04)

12h00 – “Hora do Trader”: Renata Lima, da Equipe Gold Traders da Órama, recebe Flávio Guerra, da Cooperativa do Trader. O assunto é como operar Day Trade.

18h30 – “Bate-papo com Gestor”: Sandra Blanco recebe James Gulbrandsen, da NCH Capital, para uma conversa sobre a proteção de capital em momentos de volatilidade alta.

Sexta-feira (01/05)

18h30 – Alexandre Espirito Santo e Hugo Azevedo comentam como resgatar investimentos em momentos de crise impacta a economia mundial.

Textos no blog

Segunda a sexta-feira

10h00 – “Panorama Diário”: as principais notícias do Brasil e do mundo.

Podcast no Spotify

Terça-feira (28/04)

12h00 – Podcast “Saúde Mental e Investimentos”: o parceiro Celso Sant’ Ana, psicólogo financeiro, fala sobre como melhorar seus resultados no mercado.

Fonte: G.Lab

Um comentário em “Gestor de Crédito Privado indica revisão das carteiras para curto e longo prazos durante crise

Deixe uma resposta