Apesar de projeção de retomada lenta da economia, especialistas não recomendam resgate de investimentos

Economista da Órama sugere cautela, mesmo para aqueles que sofreram perdas nas últimas semanas.

O economista da Órama Alexandre Espirito Santo refez suas análises para o Brasil em 2020 e projeta uma queda no PIB de 3,5% até o final do ano, e inflação de 2,5%. Ele conversou com Hugo Azevedo, head comercial da plataforma, em live no perfil da Órama no Instagram para orientar os investidores.

Segundo o economista, os últimos dados e notícias, em especial relacionados às mortes por Covid-19, apontam uma chance cada vez mais baixa de recuperação rápida da economia, após o fim da quarentena.

“A probabilidade maior é de uma retomada no formato do logo da Nike, mais alongada para o futuro, e a projeção é que o PIB escorregue mais para o negativo do que havíamos previsto anteriormente. Precisamos fazer essas análises e projeções, por mais dolorosas que elas sejam neste momento”, diz.

Espirito Santo frisa que a redução da Selic para 3% ao ano tende a derrubar o juro real e a promover uma fuga de dólares do país. “O dólar teve uma valorização muito forte frente ao real, que ficou altamente desvalorizado. Isso não afeta apenas quem quer viajar, mas principalmente as empresas que têm dívida em dólar e, por consequência, empregos e geração de riqueza”, diz.

Para o economista, o governo federal deve evitar as sugestões de imprimir moeda e focar nas políticas fiscais. Como a curva de juros está muito estressada, Espirito Santo reforça que não é positivo forçar sua redução e provocar questionamentos e dúvidas sobre a questão fiscal.

Conforme ele conversou com o diretor de estudos e políticas macroeconômicas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), José Ronaldo Souza Júnior, em live no Instagram da Órama, a reforma tributária estamparia clareza de governança do país para os mercados internacionais e incentivaria a entrada de novos investidores no pós-pandemia.

Dúvidas nos investimentos pessoais

Com este cenário, os dois especialistas sugerem que os investidores tenham cautela ao pensar em resgatar aplicações, mesmo que tenham sofrido perdas nas quedas das últimas semanas.

Para Azevedo, o teste final é saber se o investidor está dormindo bem, ou seja, se está confortável com a volatilidade de seu portfólio e se consegue manter o dinheiro aplicado com horizonte de retomada para o médio e o longo prazos.

Espirito Santo complementa que, em uma situação normal, o recomendável é reavaliar os investimentos da carteira a cada seis meses. No entanto, no cenário atual, com “solavancos mais intensos”, o ideal é buscar os assessores financeiros da plataforma a cada dois meses.

Mensalmente, a Órama divulga sugestões de carteiras de investimentos para os perfis conservador, moderado e arrojado. A plataforma conta ainda com equipes de assessores financeiros para atender os clientes e auxiliá-los na definição de um portfólio de investimentos. Esse atendimento é gratuito, bem como a abertura e a manutenção de conta.

Se o investidor quer reduzir seu risco ao mínimo, neste período de alta volatilidade no mercado, Azevedo aponta como opção o fundo Órama DI, que compra somente títulos públicos pós-fixados (Tesouro Selic) e tem rendimento esperado de 100% do CDI.

A Órama vem apresentando uma programação especial de conteúdos sobre os impactos provocados pela pandemia de Covid-19 na economia e nos mercados. O nosso blog disponibiliza um curso completo de educação financeira para os novos investidores, além de publicações diárias.

O perfil do Instagram é alimentado com lives diárias protagonizadas por convidados e especialistas da plataforma, que discutem o contexto atual e dão orientações aos espectadores.

Programação | Órama Investimentos

Lives no Instagram

Quinta-feira (07/05)

18h30 – Bate-papo com Gestor: Sandra Blanco e Carlos Alberto Trindade, da Normandia Investimentos, falam sobre a importância da qualidade do negócio na seleção de Ações em um ambiente de incerteza.

Sexta-feira (08/05)

18h30 – Hugo Azevedo e Alexandre Espirito Santo, economista da Órama, apontam, com visão econômica, as oportunidades de investimento na Bolsa no cenário atual e relembram crises passadas.

Textos no blog

O Mercado Financeiro e o Coronavírus – Parte 5: nossa cientista política Lorena Laudares explica como os Fundos Imobiliários se comportam em um cenário tão singular.

Segunda a sexta-feira

10h – Panorama Diário: as principais notícias do Brasil e do mundo.

Podcasts no Spotify

Saúde Mental e Investimentos: quando é necessário procurar ajuda emocional? Entenda com o parceiro Celso Sant’ Ana, psicólogo financeiro.

Macroeconomia em Tempos de Coronavírus: Maclaude Partners convida Alexandre Espírito Santo.

Fonte: G.Lab

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s