Órama zera aplicação mínima de Fundos próprios e abre oportunidades para investidores

Plataforma tem onze Fundos Órama Asset com valores zerados para começar a investir. Assessores financeiros auxiliam clientes na montagem das carteiras, sem custo.

A Órama zerou os valores mínimos para aplicações iniciais e movimentações, assim como saldo de permanência, para os onze Fundos geridos pela Órama Asset. Para o investidor, isso significa mais oportunidades para começar a fazer o dinheiro trabalhar a seu favor e diversificar seu portfólio de produtos na plataforma.

Entre os Fundos de Investimento que tiveram mínimos zerados estão: Órama DI, Órama Corporate, Órama Debêntures, Órama Inflação, Órama Ouro, Órama Bolsa, Órama Ações e Órama Multi Cred.

A Órama é uma das principais plataformas do mercado financeiro, com estrutura 100% online e gratuita, e o objetivo de democratizar o acesso dos brasileiros a investimentos de qualidade. Segundo Felipe Cunha, da Órama Asset, a nova campanha reforça a proposta de democratização, ao facilitar ainda mais, para o pequeno investidor, a aquisição de uma variedade de produtos da plataforma.

É importante saber que todos os Fundos de Investimento contam com um gestor ou um time de gestão, que trabalha diariamente na estratégia de investimento.

Carteira diversificada

Todos os meses, a Órama divulga opções de carteiras de investimentos para os três perfis de investidor — conservador, moderado e arrojado. Os valores de aplicação inicial desses produtos variam — além dos Fundos próprios da Órama, a plataforma oferece também centenas de Fundos de gestores parceiros, e cada um tem valores de aplicação distintos.

“Se você tem R$ 500 por mês para investir e deseja uma carteira diversificada, teria de esperar dois meses para aplicar em um Fundo com mínimo de R$ 1 mil, depois juntar o dinheiro de mais dois meses para alocar em outro produto, e assim sucessivamente. Agora, você pode colocar exatamente o percentual que a carteira sugere todos os meses, e seu portfólio nunca ficará desbalanceado”, explica Cunha.

O gestor destaca o Órama DI, que compra majoritariamente títulos do Tesouro Direto e é ideal para compor a reserva de emergência. Os especialistas indicam o equivalente a, no mínimo, seis vezes o valor dos gastos mensais em um produto com baixo risco e alta liquidez, como esse Fundo. A expectativa é de rendimento de 100% do CDI, maior que o da Caderneta de Poupança.

Segundo Cunha, com a reserva de emergência formada, o investidor pode escolher entre os Fundos da Órama Asset para começar a diversificar suas aplicações, em busca de melhores rendimentos.

Com exceção do Órama Ações e Órama Bolsa, que suportam mais volatilidade, destinados a perfil arrojado, os outros seis Fundos apresentados aqui são opções para o portfólio de investidores conservadores e moderados.

O Órama Corporate é um Fundo Multimercado com foco em Crédito Privado e diversas classes de Renda Fixa, enquanto o Órama Debêntures investe em papéis de empresas de infraestrutura. O Órama Ouro combina ouro e dólar, e é indicado para proteção do portfólio.

O Órama Ações é um Fundo de Fundos, ou seja, uma carteira de investimentos multigestor que hoje aplica em 14 Fundos de Ações de diferentes administrações. Já o Órama Bolsa aplica diretamente em Ações, replicando os índices Mid-Large e Small Caps.

Em busca de rentabilidade e menos risco

De acordo com Cunha, as sugestões de carteira são extremamente personalizadas, em especial para investidores com objetivos de médio e longo prazos. Depois de abrir sua conta e responder a algumas perguntas, o cliente recebe da plataforma indicações de opções de alocação e, se precisar, auxílio das equipes de assessores financeiros para ajudar na definição de um portfólio de investimentos. Esse atendimento é gratuito, bem como a abertura e a manutenção de conta na Órama.

A função dos assessores é entender o perfil de investidor do cliente e seus objetivos. A Órama possui opções para conservadores a arrojados, inclusive entre os Fundos com aplicação mínima zerada.

“Nosso time vai apresentar uma carteira para você programar investimentos mensais, usando alguns desses produtos. Se você consegue investir R$ 200, R$ 500 ou um pouco mais todos os meses, temos opções de alocação que vão fazer a diferença para os seus resultados”, afirma o gestor.

Acesse o site ou baixe o app da Órama, crie sua conta e comece a investir hoje mesmo.

Veja sugestões de alocação para R$200 ou a partir de R$500 mensais:

Conservador

R$ 200 mensais* – Órama DI
A partir de R$ 500 mensais – 35% Órama DI; 60% Órama Corporate; 5% Órama Bolsa

Moderado

R$ 200 mensais* – Órama Debêntures
A partir de R$ 500 mensais – 30% Órama Corporate; 55% Órama Debêntures; 15% Órama Bolsa

Arrojado

R$ 200 mensais* – Órama Bolsa
A partir de R$ 500 mensais – 70% Órama Corporate; 25% Órama Bolsa; 5% Órama Ouro
* Para esse valor, a recomendação é começar com um Fundo.

Fonte: G.Lab

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s