“Depois da Pandemia”: live discute impactos nas crianças e a reinvenção da educação infantil

Head comercial da Órama recebe editora da revista Crescer para debater a rotina na quarentena, os desafios do homeschooling e a possibilidade da formação de crianças com mais autonomia e empatia.

Na primeira conversa da série “Depois da Pandemia”, o head comercial da Órama, Hugo Daniel Azevedo, conversou com a jornalista Ana Paula Pontes, editora-chefe da revista Crescer. A live no YouTube da plataforma de investimentos levou ao público um debate sobre os impactos do novo coronavírus para as crianças e as possibilidades de reinvenção da educação infantil.

Assista à live completa “Depois da Pandemia: A reinvenção da educação infantil”

Para a jornalista, é muito importante que pais e mães tenham um diálogo aberto com as crianças no período da quarentena, inclusive sobre suas preocupações, emoções, aflições e também sobre os resultados do lockdown em suas carreiras.

“Está tudo bem mostrar a realidade. É um momento de medo e de incerteza, mas, para a criança não sair desse período traumatizada, o ponto principal é o diálogo. Deixar que ela pergunte, mesmo que duas ou três vezes a mesma coisa, e explicar com serenidade para que a criança entenda”, diz Ana Paula.

Ela relata que leitores da Crescer vêm notando, durante a quarentena, o retorno de comportamentos que as crianças já tinham superado. Coisas como o medo do “monstro” no escuro ou fazer xixi na cama. “Isso é normal. Os especialistas falam que elas percebem essa tensão no ar. Tem que ter paciência para a criança não se sentir constrangida. São indícios de que ela também está insegura”, aponta.

Em sua opinião, os resultados depois da pandemia vão depender muito de como esses momentos são conduzidos agora. Para Ana Paula, os pais precisam acreditar que o acolhimento e esse canal aberto de diálogo serão fundamentais para todo mundo sair bem.

“Por exemplo, crianças que tiveram suas festinhas de aniversário canceladas. Sim, elas se frustraram, mas também têm que aprender a lidar com isso. É um aprendizado para viver em sociedade, uma forma de adquirir a habilidade de lidar com as frustrações, que será essencial no futuro”, pondera.

Educação em casa

De acordo com a editora-chefe da Crescer, praticamente nenhuma instituição estava preparada para a educação a distância, em especial para a primeira infância e a fase de alfabetização. São períodos da vida em que o contato com outras crianças e professores e a presença no ambiente escolar se mostram muito importantes para a formação.

“De nenhuma maneira podemos dizer que o futuro da educação infantil será o homeschooling. O que os pais estão fazendo é superdesafiador e algo novo para todos”, diz.

Em sua opinião, o momento não é para os pais se preocuparem se os filhos estão recebendo menos conteúdo, ou mesmo se vão perder um ano na escola.

“As crianças estão tendo um ganho grande com tudo o que está acontecendo, de senso de empatia e solidariedade, de como faz falta estar com o outro. Talvez seja o momento em que os pais mais estão com seus filhos. É uma oportunidade para as crianças entenderem a dinâmica da casa, como os pais trabalham, que eles também ficam tristes e preocupados. Não acho que eles vão perder. Acho que vão ganhar muito”, frisa Ana Paula.

A jornalista defende que a quarentena é uma oportunidade para as crianças realmente ajudarem na rotina da casa, até mesmo com a criação de uma agenda para as tarefas.

“Muitos pais estão aprendendo a se virar sem ajudantes em casa. As crianças devem olhar como todo mundo tem de trabalhar em cooperação: organizar os brinquedos, arrumar a mesa e trocar a água do cachorro, por exemplo. E sem isso de ‘tarefa de menino e de menina’. Elas podem ganhar muito na autonomia”, afirma.

As análises sobre o impacto da pandemia provocada pelo novo coronavírus em diversos segmentos fazem parte da programação especial conduzida pela Órama durante a quarentena. Os conteúdos podem ser acessados nos canais digitais da plataforma de investimentos: blog, Instagram, YouTube e Spotify.

Programação | Órama Investimentos

Podcast no Spotify

Saúde Mental e Investimentos: existe uma personalidade ideal? O psicólogo financeiro Celso Sant’ Ana explica.

Textos no blog

Segunda a sexta-feira

10h – Panorama Diário: as principais notícias do Brasil e do mundo.

Fonte: G.Lab

Deixe uma resposta