Projeção do FMI para a retração da economia global os últimos destaques 

BRASIL EM FOCO

O avanço dos novos casos de Covid-19 pelo mundo e a imposição de sanções a produtos europeus pelos EUA levaram os ativos de risco a ter um dia de quedas consideráveis. O Ibovespa recuou 1,66%, a 94.377 pontos. No câmbio, o dólar Ptax registrou alta de 1,41%, sendo cotado, na venda, a R$ 5,2435. No mercado de juros futuros, os contratos de DI com vencimento em janeiro de 2025 eram negociados à taxa de 5,93%, subindo 10 pontos base.

O governo estuda uma redução escalonada do auxílio emergencial em três parcelas: R$ 500, R$ 400 e R$ 300. Apesar do custo elevado de aproximadamente R$100 bi (o mesmo da proposta inicial do Congresso, de mais duas parcelas adicionais de R$ 600) a ideia de uma redução gradual prepara a população para uma aterrissagem entre os R$ 600 do auxílio emergencial e os R$ 200 do Bolsa Família. Esse último programa vem sendo redesenhado com o nome de Renda Brasil e deverá ficar em média entre R$ 200 – R$ 300. É válido salientar que a transferência direta de renda vem sendo um importante pilar de sustentação da popularidade do governo e a ideia de mais tempo de benefício pode beneficiar a estabilidade do poder executivo.  (Valor

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou sua projeção para a retração da economia global e brasileira. Comparado à previsão do World Economic Outlook de abril, o organismo agora projeta uma recessão mais profunda em 2020. A produção global deverá diminuir em 4,9% em 2020, 1,9 ponto percentual abaixo da previsão de abril, seguida por uma recuperação parcial, com crescimento de 5,4% em 2021. Para o Brasil, o recuo deve ser de 9,1%, bem pior que a queda de 5,3% prevista em abril. Para 2021, a expectativa é de crescimento de 3,6%, ante os 2,9% esperados anteriormente.

A economista-chefe do FMI, Gita Gopinath, destaca que a excepcionalidade da crise atual é que o mundo vai viver uma desaceleração profunda e sincronizada, afetando tanto as economias avançadas (-8%) quanto os mercados emergentes e as economias em desenvolvimento (-3%; -5% se excluindo a China). E isso contribui para a projeção de que mais de 95% dos países devam registrar redução da renda per capita em 2020.

O IBGE divulgou que entre os 84,4 milhões de trabalhadores do país, cerca de 19,0 milhões estavam afastados do trabalho e, entre estes, 9,7 milhões estavam sem sua remuneração, o equivalente a 11,5% da população ocupada em maio de 2020. A jornada de trabalho se reduziu em 12,2 horas em maio, na comparação com a média habitual, e a renda das famílias também recuou em 18,1%. Outro dado importante constatado pela PNAD-Covid foi que em maio, 38,7% dos domicílios do país receberam algum auxílio monetário do governo relacionado à pandemia, no valor médio de R$ 847. Entre os auxílios estão o Auxílio Emergencial e a complementação do Governo pelo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda.  (IBGE)

A Associação de Funcionários do Banco Mundial (WBG Staff Association) enviou uma carta ao conselho de ética da instituição com críticas duras ao ex-ministro Abraham Weintraub e um pedido para que sua nomeação a diretor executivo do banco seja reavaliada. (Folha)

O novo marco do saneamento básico foi aprovado ontem no Senado por 65 votos a 13. O texto do PL 4.162/2019 foi mantido da forma como veio da Câmara dos Deputados para evitar atrasos no processo de aprovação com devolução do projeto. O relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) negociou com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), para que os trechos polêmicos da proposta fossem vetados pelo Presidente Jair Bolsonaro ao sancionar a matéria. (Valor)

Sobre a pandemia no Brasil, o secretário de vigilância em saúde, Arnaldo Correia de Medeiros recuou afirmando que: “Tínhamos falado que a curva parecia que tendia à diminuição de casos, mas vemos que nessa semana tivemos aumento significativo“. (Folha) Segundo o Painel Coronavírus do Ministério da Saúde, o  Brasil ultrapassou os 53,8 mil mortos e 1,19 milhão de casos confirmados.

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

O receio de que novos casos de Covid-19 levem ao restabelecimento dos  lockdowns nos EUA derrubou os índices acionários americanos. O S&P registrou queda de 2,59%, a 3.050,33 pontos.

A aceleração dos novos casos de coronavírus nos EUA vem preocupando não só os investidores, mas também os gestores públicos e as empresas. Califórnia, Flórida e Texas atingiram recordes de novos casos na quarta-feira, enquanto o Arizona está no auge de hospitalizações. Nova York, Nova Jersey e Connecticut estabelecem quarentenas para os viajantes que chegam dos locais mais infectados. A Carolina do Norte congelou sua reabertura por três semanas. E na Califórnia, a Disney adiou indefinidamente a reabertura de seus parques temáticos. (Bloomberg)

A aprovação popular em relação a forma como o presidente Trump vem conduzindo a pandemia caiu para 37%, o nível mais baixo já registrado. Além disso, a mais recente pesquisa de opinião Reuters/Ipsos indica que o candidato democrata Joe Biden ampliou ainda mais a sua margem, assegurando 13 pontos percentuais à frente de Trump na disputa eleitoral. O ex-assessor de Trump John Bolton também foi tema de pergunta e 58% dos americanos  (81% dos democratas e 37% dos republicanos) disseram que gostariam de ver Bolton testemunhar sob juramento sobre suas experiências no governo Trump, as quais Bolton relata em seu novo e polêmico livro. (Reuters)

Enquanto os EUA  estudam levantar barreiras tarifárias contra a Europa, os chineses estão se aproximando cada vez mais do Velho Continente. A mídia estatal chinesa Xinhua destacou os pontos principais da reunião virtual que aconteceu na segunda-feira entre Xi Jinping e líderes da União Europeia. Frisando que a China é “um parceiro, não um rival” do lado da UE, Xi disse que o país continuará aprofundando as reformas e expandindo a abertura, o que proporcionará à Europa uma nova rodada de oportunidades de cooperação e espaço de desenvolvimento em um momento pós-pandemia. 

No mundo, o número de casos ultrapassou os 9,4 milhões, com mais 481 mil óbitos por coronavírus. Os EUA atingiram o número de 2,38 milhões de infectados e 122 mil mortes. (Johns Hopkins)

Nesta manhã, as ações na Ásia caíram mais de 1%, mas China e Hong Kong não tiveram pregão por conta do feriado. Na Europa os índices abriram sem direção definida e os futuros nos EUA operam em leve queda. O petróleo WTI caiu abaixo de US $ 38 o barril. Hoje saem os dados de pedidos de seguro-desemprego nos EUA e o IPCA-15 no Brasil.

RESUMO DOS MERCADOS

Dia Semana Mês Ano
DI Jan 2025 5,93% 10 bps 7 bps -4 bps -51 bps
Dólar PTAX (R$) 5,2435 1,41% -1,93% -3,37% 30,09%
Ibovespa (pts) 94.377,40 -1,66% -2,27% 7,98% -18,40%
S&P 500 (pts) 3.050,33 -2,59% -1,53% 0,20% -5,59%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s