Ampliação da linha de crédito para micro, pequenas e médias empresas e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO

Em um dia de reduzida liquidez global com por causa do feriado nos EUA, o Ibovespa fechou em alta de 0,55% aos 96.764,90 pontos e a semana foi de ganhos de 3,12%. No câmbio, o dólar Ptax avançou de 0,65%, sendo cotado, na venda, a R$ 5,3374, mas nos últimos 5 pregões acumulou queda de 2,30%. No mercado de juros futuros, os contratos de DI com vencimento em janeiro de 2025 eram negociados à taxa de 5,56%, recuando 5 ponto base, na sexta, e 27 bps, na semana. 

Após sofrer críticas da ala alinhada a Olavo de Carvalho, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, que havia sido convidado para assumir o MEC (Ministério da Educação), recusou o convite de Bolsonaro. (Poder 360)

O BNDES anunciou a ampliação em mais R$ 5 bilhões e até dezembro da linha de crédito destinada a micro, pequenas e médias empresas para o enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia. (Valor)

O procurador-geral da República, Augusto Aras, está buscando sinalizar aproximação, tanto com o STF, como também com os próprios procuradores do Ministério Público, grupos com os quais estava tendo divergências. O endurecimento do inquérito dos atos antidemocráticos que investiga aliados do presidente Jair Bolsonaro é uma das medidas nessa direção. (Folha)

O Ministro Paulo Guedes, em entrevista à CNN, mencionou que a preocupação da equipe é manter emprego e renda no curto prazo, mas que a questão fiscal continua no radar. Ele afirmou que “Vamos ter um déficit primário de 12% neste ano, com um déficit nominal de 15% ou 16% do PIB. Mas tudo isso é desarmável no ano que vem. Tudo que foi feito não atravessa o ano. No dia 31 de dezembro, a carruagem vira abóbora”. Uma das medias que já deve ser colocada em prática nos próximos 90 dias para reforçar o caixa do governo é a privatização de quatro estatais. (CNN)

Segundo o Painel Coronavírus do Ministério da Saúde, o  Brasil ultrapassou os 64,9 mil mortos e 1,6 milhão de casos confirmados. 

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

Nos EUA, a semana foi mais curta em virtude do feriado na sexta-feira. O S&P 500, teve alta de 4,02%  de segunda a quinta.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reportou alta nos casos de contágio, com aumento no números de fatalidades no Irã e Indonésia. O Paquistão também é outro ponto de proliferação na Ásia. No mundo, o número de casos ultrapassou os 11,5 milhões, com mais 534 mil óbitos por coronavírus. Nos EUA, os infectados já chegam a 2,9 milhões e as mortes somam 130 mil. (Johns Hopkins)

A pandemia vem colocando dúvidas sobre as metas estabelecidas na fase 1 do acordo comercial entre China e EUA. O setor que talvez venha a ser mais afetado é o de energia. A China avançou em direção a suas metas agrícolas e de manufatura, mas permanece muito atrás da ambiciosa meta de comprar US$ 25 bi de petróleo, gás natural e produtos refinados de petróleo dos EUA. Até o momento foram importados US$ 2 bi. Essa diferença é em parte justificada pela queda da demanda interna na China, mas também pela queda do preço do petróleo. (WSJ)

Um editorial de primeira página do Securities Times da China, nesta segunda-feira, apontou que promover um bull market saudável” após a pandemia seria mais importante para a economia chinesa do que nunca. As buscas pelo termo “abrir uma conta de ações” explodiram esse sentimento otimista levou o Shanghai Composite Index a fechar em alta de 5,7%, o maior avanço desde 2015. (Bloomberg)

Nesta manhã, com o otimismo na China, a Ásia toda fechou com ganhos expressivos nas bolsas. Na Europa, os índices operam em alta, com França, Alemanha e Reino Unido subindo próximo a 2%. Os futuros de Wall Street apontam para um dia da alta de mais de 1%.

RESUMO DOS MERCADOS

Dia Semana Mês Ano
DI Jan 2025 5,56% -5 bps -27 bps -12 bps -89 bps
Dólar PTAX (R$) 5,3374 0,65% -2,30% -2,53% 32,42%
Ibovespa (pts) 96.764,90 0,55% 3,12% 1,80% -16,33%
S&P 500 (pts) 3.130,01* 0,00% 4,02% 0,96% -3,12%
*fechamento de quinta-feira (02) – sexta não teve pregão nos EUA
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

 

 

Deixe uma resposta