Divulgação do PIB nos EUA e Alemanha refletem na Bolsa e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO

Em um dia de divulgação do PIB nos EUA e na Alemanha, as incertezas sobre a velocidade da recuperação da economia global puxaram o desempenho das bolsas para baixo. O Ibovespa registrou queda de 0,56%, aos 105.008,70 pontos. No câmbio, o dólar Ptax avançou 0,86% sendo cotado, na venda, a R$ 5,1837. Nos juros futuros, os contratos de DI com vencimento em janeiro de 2025 eram negociados à taxa de 5,19%, recuando 21 pontos base.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, voltou a criticar a eventual proposta do governo de Jair Bolsonaro de criar uma “nova CPMF”. Maia ainda complementou que “a minha opinião é que não vai passar. Eu jogo muito transparente na política, não jogo pelas costas. Eu afirmo que sou contrário e que trabalharei contra“. O parlamentar, contudo, demonstrou otimismo de que seja possível aprovar a reforma tributária até o fim do ano, mas ponderou que é preciso uma maioria no Congresso. (Valor)

Sobre a questão de uma possível quarentena de oito anos para ex-juízes, Maia afirmou que a medida não afetaria Sérgio Moro. (Poder 360)

O governo federal e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, finalizam uma proposta para regulamentar a negociação de acordos de leniência, (delações premiadas de empresas). A minuta do projeto, à qual O GLOBO teve acesso, retira o Ministério Público Federal (MPF) das negociações e concentra poderes na Controladoria-Geral da União (CGU) e na Advocacia-Geral da União (AGU), órgãos subordinados ao presidente Jair Bolsonaro. A proposta abre brecha para esvaziar os poderes do MPF e, na avaliação de investigadores, isso é uma forma do governo obter informações de diversas investigações sigilosas em andamento. (O Globo)

O rearranjo da Lava-Jato também vem do MPF. O procurador-geral da República, Augusto Aras, estuda dividir a força-tarefa no Paraná em quatro, terminando com o reinado de Deltan Dallagnol sobre a operação.  (Folha)

Os resultados trimestrais da Petrobras refletem os efeitos da pandemia na demanda por combustível e a empresa voltou a fechar no vermelho, com perdas de R$ 2,713 bilhões. O prejuízo do segundo trimestre reverte o lucro de R$ 18,9 bilhões apurado em igual período de 2019 e teria sido ainda pior, caso a companhia não tivesse contabilizado, no balanço, os efeitos positivos – de R$ 10,9 bilhões – provenientes de uma vitória, na Justiça, em torno da exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/COFINS. (Valor)

O Brasil, segundo o Painel Coronavírus do Ministério da Saúde, ultrapassou os 91,2 mil mortos com 2,6 milhões de casos confirmados. 

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

Os dados econômicos negativos e as polêmicas em relação às eleições de novembro contrastam com os balanços surpreendentes das empresas de tecnologia. O Nasdaq fechou em alta de 0,43% enquanto o S&P 500 registrou queda 0,38% aos 3.246,22 pontos.

Nos EUA, a redução na atividade econômica foi de 32,9% no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado. O recuo foi menor do que o esperado (-34%), mas esta é a maior queda desde a Grande Depressão de 1929. Outro sinal negativo para os americanos foi que o número de pessoas que solicitaram o seguro-desemprego aumentou pela segunda semana consecutiva para 1,43 milhões, em um sinal de que a recuperação econômica está sendo novamente impactada negativamente. (Bloomberg)

Amazon, Apple e Facebook e Google divulgaram resultados ontem e mostraram como as gigantes da tecnologia se tornaram ainda mais indispensáveis no momento atual de pandemia.  A Amazon registrou receita de US$ 88,9 bilhões e dobrou o lucro para US$ 5,2 bilhões, mesmo gastando US$ 4 bilhões entre abril e junho para estabilizar sua cadeia de suprimentos e melhorar a segurança dos trabalhadores. A Apple registrou um aumento de vendas em 11% também acima do esperado. O Facebook mostrou a resiliência de seus negócios de mídia social, e as vendas aumentaram 11%, para US$ 18,7 bilhões, devido ao aumento do envolvimento dos usuários. A empresa, contudo, alertou para os riscos em relação a recuperação da economia e de um boicote de anunciantes. A controladora do Google, Alphabet Inc, registrou  um declínio na receita trimestral em comparação com o ano anterior pela primeira vez na história da empresa. Ainda assim, as vendas superaram as expectativas dos analistas, e seu lucro, embora em queda de 30%, foi superior a US$ 6 bilhões. (WSJ

O presidente Donald Trump, pelo Twitter compartilhou, na quinta-feira, a ideia de adiar as eleições de 3 de novembro nos EUA, por levantar suspeitas quanto ao voto por correspondência. A proposta foi imediatamente rejeitada pelos democratas e republicanos no Congresso. É importante ter em mente que qualquer mudança das eleições teria que passar pelo Congresso. (Reuters)

No mundo, o número de casos confirmados subiu para 17,32 milhões e os óbitos chegaram a 674 mil. Nos EUA, os infectados somam 4,5 milhões e as mortes ultrapassaram a marca dos 152 mil. (Johns Hopkins)

Nesta manhã, as bolsas asiáticas fecharam no negativo, a exceção da China, com o Shanghai Composite avançando 0,71%. Na Europa, os índices operam em alta mesmo com a divulgação de que o produto interno bruto da zona do euro caiu 40,3%, nos três meses até junho. Os futuros de Wall Street apontam para uma alta na abertura. O ouro sobe, cotado a US$ 1.971,35/onça.

RESUMO DOS MERCADOS

Dia Semana Mês Ano
Ibovespa (pts) 105.008,70 -0,56% 2,57% 10,47% -9,20%
Dólar PTAX (R$) 5,1837 0,86% -0,59% -5,34% 28,61%
DI Jan 2025 5,19% -21 bps -20 bps -49 bps -126 bps
S&P 500 (pts) 3.246,22 -0,38% 0,95% 4,71% 0,48%
As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Deixe uma resposta