Criação da CBS aumenta carga tributária e os últimos destaques

RESUMO DOS MERCADOS NO ÚLTIMO PREGÃO

   Cotação  Dia Semana Mês Ano
Ibovespa (pts)102.065,402,48%0,70%-0,82%-11,74%
Dólar PTAX (R$)5,46590,30%1,50%5,05%35,61%
DI Jan 2025 5,68%-21 bps-11 bps47 bps-77 bps
S&P 500 (pts)3.389,780,23%0,50%3,63%4,92%

BRASIL EM FOCO

DESTAQUES: o mercado se animou com o apoio de Bolsonaro a Paulo Guedes e também com o resultado melhor do que o esperado do balanço divulgado pela Magazine Luiza. A MGLU3 subiu 9,61% puxando também outras ações do setor como Via Varejo (VVAR3), que teve alta de 8,15%. Entre as commodities, o minério de ferro superou os US$ 120 por tonelada, mas o petróleo caiu e o barril do Brent encerrou o pregão em desvalorização de 0,66% a US$ 45,07.

REFORMA TRIBUTÁRIA: 20% das 8,99 milhões de empresas do setor de serviços terão carga tributária aumentada com a criação da CBS (Contribuição Sobre Bens e Serviços). São as empresas tributadas pelo lucro presumido (aumento de 3,65% para 12%) e lucro real (de 9,25% para 12%). Os outros 80% dos serviços são tributados pelo Simples Nacional ou são Microempreendedores Individuais – não impactados diretamente pela reforma. Os serviços representam 60% do PIB do Brasil. A CBS deve provocar a migração das empresas de lucro presumido (sem possibilidade de acumular créditos) para o de lucro real (com créditos). (Poder 360)

RENDA BRASIL: a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, deve enviar a proposta do Renda Brasil ao Congresso nas próximas semanas, para que ele comece a vigorar em janeiro de 2021, sem deixar vácuo entre o fim do auxílio emergencial e o novo programa de transferência de renda. O novo modelo prevê o pagamento do benefício às 14 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família, mais 6 ou 7 milhões de famílias que recebem o auxílio emergencial. Hoje, o auxílio de R$ 600 atende a cerca de 60 milhões de pessoas. O programa vai aumentar o valor médio do Bolsa Família, que hoje é de R$ 190, para algo em torno de R$ 300, dobrando assim o gasto do governo de R$ 30 bilhões por ano com o Bolsa Família para R$ 60 bi. Remanejando os recursos de outros programas existentes, Guedes ainda precisaria encontrar outros R$ 10 bi no orçamento para conseguir viabilizar o Renda Brasil. (O Globo)

PANDEMIA NO BRASIL: pela primeira vez em quase quatro meses, o Brasil registrou transmissão de coronavírus sob controle. Segundo cálculos do centro de controle de epidemias do Imperial College a taxa de contágio ficou em 0,98. (Isso significa  dizer que cada 100 pessoas contaminadas transmitem o vírus para outras 98, desacelerando, assim o contágio da doença). A boa notícia veio no dia, no qual o país encostou nos 110 mil mortos com 3,4 milhões de casos confirmados. (Folha/Ministério da Saúde)


OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

DESTAQUES EXTERNOS: o S&P 500 renovou sua máxima histórica. Os balanços de Walmart e Home Depot foram os destaques.

ELEIÇÕES EUA: os democratas nomearam formalmente Joe Biden como candidato a presidente na terça-feira (18) em uma sessão virtual. (Reuters)

PACOTE DE ESTÍMULOS:  com os democratas mais confiantes com as eleições de novembro, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, sugeriu que seu partido pode estar disposto a cortar a sua proposta pela metade, neste momento, para chegar a um acordo sobre o pacote de estímulos. Passadas as eleições, os democratas têm chance de obter mais espaço no Congresso, e talvez até na Casa Branca, para avançar um projeto mais audacioso. (Bloomberg)

RELAÇÃO EUA-CHINA: o presidente Trump expressou apoio na terça-feira para que a Oracle Corp. compre as operações americanas da TikTok. A Oracle é uma gigante do software que entra nessa disputa com a Microsoft e também com o Twitter, que estariam interessados no negócio. Trump, por sua vez reafirmou que independente do comprador “eles precisam garantir que os Estados Unidos sejam bem recompensados. Porque somos nós que tornamos isso possível. Portanto, nosso Tesouro tem que ser muito bem remunerado É preciso colocar dinheiro no Tesouro”  (WSJ).  Sobre a questão do acordo comercial, a conversa com os chineses foi cancelada no final de semana  e Trump disse: “Cancelei as negociações com a China. Não quero falar com a China agora.” (Blommberg)

CORONAVÍRUS: a chanceler alemã, Angela Merkel, descartou qualquer outro afrouxamento das medidas contra o vírus, até que o recente aumento no número de casos seja controlado. No mundo, o número de casos confirmados chegou a 22,1 milhões e os óbitos ultrapassaram 781 mil. Nos EUA, os infectados somam 5,48 milhões e as mortes chegaram a marca dos 171,8 mil. (Johns Hopkins)

HOJE: as bolsas asiáticas fecharam sem direção definida com o CSI 200 em forte queda de 1,50%, devido ao acirramento das tensões com os EUA. Na Europa, os índices operam em alta. Os futuros de Wall Street também apontam para uma abertura positiva. Hoje será divulgada a ata do FOMC.

Deixe uma resposta