IPCA sobe 0,64% em setembro e os últimos destaques

RESUMO DOS MERCADOS*

   Cotação  Dia Semana Mês Ano
Ibovespa (pts)97.483,30-0,45%3,69%3,04%-15,71%
Dólar PTAX (R$)5,5393-1,44%-1,90%-1,80%37,43%
DI Jan 2025 (bps)6,57%-4-251512
S&P 500 (pts)3.534,221,64%1,64%5,09%9,39%
*os dados dos mercados no Brasil se referem ao pregão de sexta-feira (09), A cotação do S&P 500 é de ontem, segunda-feira (12).

BRASIL EM FOCO

DESTAQUES: o Ibovespa teve uma sexta-feira de cautela, antes do feriado de Nossa Senhora Aparecida. Apesar da queda, no acumulados da semana, o índice interrompeu uma sequência de 5 semanas de perdas, subindo 3,69%. Na segunda (12) o ETF EWZ iShares MSCI Brazil Capped, que replica o Ibovespa em dólar, subiu 1,28%, a 29,33 pontos.

INFLAÇÃO: na sexta feira, IBGE divulgou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro que subiu 0,64%. Esse avanço superou a mediana das projeções do Valor Data de alta de 0,54%. No ano, o indicador acumula alta de 1,34%. A maior variação (2,28%) e o maior impacto (0,46 p.p.) no índice do mês vieram do grupo alimentação e bebidas.

AGENDA DE REFORMAS:  em entrevista à GloboNews, o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse, na noite de domingo (11), que a aprovação da reforma administrativa neste ano será inviabilizada pelo prazo de apresentação de emendas. Ele reforçou a necessidade de priorizar em 2020 a votação da PEC Emergencial e disse ainda ter otimismo em relação à reforma tributária. Maia afirmou ainda que “independentemente de qualquer decisão do Judiciário e do Congresso”, não será candidato à reeleição para presidente da Câmara , “exatamente para ajudar a tramitar projetos e emendas no parlamento”. (Valor)

DISPUTA NO STF: o habeas corpus concedido a André Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap, pelo ministro do STF, Marco Aurélio de Mello, tem gerado polêmica. O presidente do STF, ministro Luiz Fux, suspendeu a liminar no sábado (10) depois que o traficante já havia sido liberado da prisão. O líder do PCC (Primeiro Comando da Capital) encontra-se foragido. O caso provoca mal estar entre os ministros. Marco Aurélio se baseou no parágrafo único do artigo 316 do CPP (Código de Processo Penal), incluído no pacote anticrime e sancionado em dezembro do ano passado, que prevê a revisão da preventiva a cada 90 dias. Fux alega que a periculosidade de André do Rap deveria ter sido levado em consideração e que soltura do chefe do PCC compromete a ordem pública.  ( FolhaPoder 360

CORONAVÍRUS NO BRASIL: o país ultrapassou os 5,1 milhões de casos confirmados e 150,6 mil óbitos em decorrência da Covid-19. (Ministério da Saúde)


OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

DESTAQUES EXTERNOS: em Wall Street, na sexta-feira, o S&P 500 fechou aos 3.477,13 pontos, com alta de 0,88%. encerrando a semana em alta de 3,84%. A percepção de que a ampliação da vantagem de Biden sobre Trump reduz a probabilidade de que o resultado seja contestado é positiva para a Bolsa. Além disso, o novo pacote de estímulos continua no radar. Na segunda, o pregão nos EUA foi bastante otimista, principalmente com as ações de tecnologia, com uma semana de eventos corporativos importantes para essas empresas e início da temporada de balanços.

VACINA: a Johnson & Johnson interrompeu os testes clínicos de sua vacina contra o coronavírus devido a uma doença inexplicada em um participante do estudo, atrasando um dos esforços de maior perfil para conter a pandemia global. (Reuters)

SUPREMA CORTE: a juíza Amy Coney Barrett falou sobre sua formação jurídica e filosofia judicial em uma declaração de abertura perante o Comitê Judiciário do Senado, na segunda-feira. Ela será sabatinada no Senado para assumir a cadeira na Suprema Corte americana. (WSJ)

ELEIÇÕES EUA: o presidente Donald Trump viaja hoje para a Pensilvânia para seu segundo comício de campanha desde que contraiu o COVID-19. Na segunda, Trump esteve na Flórida e discursou sem máscara para apoiadores. Seu rival democrata Joe Biden está indo também para a Flórida hoje. A disputa pela Casa Branca se concentra em dois dos maiores swing states. (Reuters

“BLUE WAVE”: em face das pesquisas indicando uma possível vitória do democrata Joe Biden, vários estrategistas começaram a falar sobre a ideia de uma “Onda Azul”, na qual seu partido manteria o controle da Câmara e venceria o Senado. Essa perspectiva pode ser favorável aos mercados, uma vez que a presidência de Biden aumenta as chances de uma nova rodada de estímulos fiscais. Contudo, os analistas parecem mudar de ideia e  dizem que há uma boa chance de o Senado continuar nas mãos dos republicanos, tornando menos provável a aprovação de um novo pacote. A combinação de republicanos mantendo o controle do Senado com a Casa Branca democrata pode adiar os estímulos até depois da eleição e afetará o crescimento econômico no primeiro trimestre. (Bloomberg)

CORONAVÍRUS: o número de mortos pela doença no mundo ultrapassou os 1,081 milhão e os casos confirmados somam 37,8 milhõesNos EUA os infectados são 7,8 milhões e os óbitos chegaram a 215 mil.  (Johns Hopkins)

HOJE: na Ásia os mercados fecharam em alta, mas a bolsa de valores de Hong Kong suspendeu as negociações por causa do tufão Nangka. Os índices na Europa operam em leve queda. Os futuros de Wall Street não apontam para uma direção definida. Hoje se inicia a temporada de divulgação de resultados das empresas nos EUA com JP Morgan e Citigroup. A Apple anuncia seu novo iPhone com compatibilidade 5G. Também saem os dados de inflação nos EUA e o FMI publica o World Economic Outlook.

Deixe uma resposta