Incertezas sobre a vacina pra covid-19 e os destaques da semana

Panorama Semanal de 19 a 23 de outubro*

A covid-19 e a Vacina

Anunciada pelo Ministério da Saúde, a intenção de compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac, produzida pela Sinovac com o Instituto Butantan, gerou polêmica no governo. Após críticas, o presidente Jair Bolsonaro disse que a vacina não será comprada. “Já mandei cancelar, o presidente sou eu”. O ministro Pazuello acatou.

Além da saúde pública e de questionamentos sobre a procedência chinesa, objetivos eleitorais, envolvendo o governador de SP, João Doria, também entraram em campo nesse debate.

As divergências quanto à obrigatoriedade de se tomar vacina, quando houver, foi outro assunto de destaque. Bolsonaro defende a não obrigatoriedade no país.

A notícia da morte, por Covid-19, de um voluntário dos testes da vacina de Oxford repercutiu no noticiário. A vítima é um jovem médico, de 28 anos, que, no entanto, estava no grupo que tomou placebo, segundo uma fonte.

A Europa voltou a ser o epicentro da pandemia de Covid-19, com muitos países adotando ainda mais restrições. Apesar do número de casos, o número de mortes diminuiu.

Pacote de estímulos e eleições nos EUA

Nos EUA, pouco se move em relação ao pacote de estímulos. A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, se disse esperançosa de um desfecho ainda esta semana. Na quinta-feira, ela falou em “tentativa séria” e disse que o acordo está “quase lá” , o que animou os investidores.

A cerca de 10 dias da eleição, democratas e republicanos divergem quanto ao valor do pacote.

Na quinta-feira aconteceu o último debate – mais equilibrado, menos agressivo – entre o presidente americano Donald Trump e o ex-vice-presidente Joe Biden.

Economia e política

Na economia norte-americana, destaque para o Livro Bege – que indicou um ritmo lento da economia americana – e para o processo antitruste que o Departamento de Justiça abriu contra o Google.

A China registrou crescimento de 4,9% no terceiro trimestre. O dado, porém, é menor que os 5,3% esperados.

No Brasil, o IBGE divulgou que o número de desempregados cresceu 33% na pandemia. A taxa de 14% em setembro representa que 13,5 milhões de brasileiros estavam sem trabalho.

A arrecadação federal cresceu 1,97% no mês, chegando a R$ 119,8 bilhões.

E o senador Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro na cueca, pediu licença por 121 dias.

No pregão desta quinta-feira, o Ibovespa registrou alta de 1,36% no fechamento, a 101.917 pontos. O dólar recuou 0,36% para R$ 5,59.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

  • Dados atualizados até as 9h de 23/10.

Deixe uma resposta