Trump dá aval para transição de governo nos EUA E os destaques da semana

Panorama Semanal de 23 a 27 de novembro*

DESTAQUES

O presidente dos EUA, Donald Trump, deu seu aval para o início da transição de governo. O democrata Joe Biden começou a nomear sua equipe, que inclui, entre outros, Anthony Blinken (secretário de Estado), Janet Yellen (Tesouro) e John Kerry (negociações climáticas). Os impactos nos mercados foram positivos.

CORONAVÍRUS E VACINA

Enquanto o número de casos de Covid-19 continua avançando no mundo e no Brasil, o noticiário sobre as vacinas ganha relevo. Um dos destaques foi a vacina da AstraZeneca em parceria com Oxford. Considerada de alta eficiência (90% em duas doses e 62% em uma), baixo custo e fácil armazenagem, está gerando agora dúvidas e ceticismo entre os especialistas. Além de um erro na dosagem dos testes, os idosos não estariam representados corretamente no universo estatístico da pesquisa. Os laboratórios devem realizar novos testes. Esta é a vacina que será produzida pela Fiocruz.

Por aqui, embora haja determinação do TCU desde agosto para que o governo apresente um plano detalhado de imunização, ainda não há nada nesse sentido. 

A Alemanha prorrogou o novo lockdown até 20 de dezembro. Na Inglaterra, o lockdown será suspenso em 2 de dezembro.

ECONOMIA NOS EUA

Nos Estados Unidos, o PIB preliminar do 3º trimestre ficou em 33,1% (anualizado), em consonância com a expectativa do mercado. Mas o número de pedidos de seguro desemprego, ficou abaixo do projetado, com 778 mil solicitações – indício de que uma segunda onda da Covid-19 pode dificultar a recuperação econômica.

BRASIL

No Brasil, a taxa de desemprego bateu recorde e subiu para 14,6% no trimestre até, de acordo com o IBGE. São 14,1 milhões de pessoas. 

Enquanto isso, segue a discussão sobre alternativas (cortes de incentivos e subsídios) que viabilizem o Renda Brasil, em meio à questão fiscal. 

O secretário do Tesouro, Bruno Funchal, afirmou que o espaço para prorrogação do auxílio emergencial é “muito reduzido”, “se não zero”.  Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que não haverá necessidade da prorrogação do benefício para 2021. 

PAULO GUEDES

No início da semana, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o país precisa de um plano para recuperar a credibilidade. Guedes rebateu, afirmou que há um plano e que, se Campos Neto tiver um melhor, que o mostre. Em evento público, o presidente Bolsonaro ressaltou que Guedes, o “posto Ipiranga”, é “insubstituível”. 

IOF

Uma decisão importante foi a antecipação do fim da isenção do IOF, o imposto sobre operações financeiras, com o intuito de compensar o custo com a tarifa de energia para os usuários do Amapá, por causa do apagão. A isenção do IOF, prevista para durar até o fim deste ano, foi uma das medidas adotadas para incentivar a economia na pandemia.

LEI DE FALÊNCIAS

No Senado, foi aprovada a nova Lei de Falências – que facilita os processos de recuperação judicial. O texto vai à sanção presidencial.

DIPLOMACIA COM A CHINA

No horizonte diplomático, foco na briga com o governo chinês – que reagiu a uma postagem no Twitter do deputado Eduardo Bolsonaro, sobre apoio a “aliança global para um 5G seguro sem espionagem da China”. A embaixada da China disse, em nota, que as declarações eram “infames” e afirmou que o deputado deve “evitar ir longe demais no caminho equivocado” para não “carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil”. O Itamaraty entrou no caso, afirmando que a resposta chinesa era “ofensiva e desrespeitosa.”

PROTESTOS

Na sequência do assassinato de João Alberto Silveira Freitas por seguranças dentro do Carrefour na semana passada, houve protestos, quebra-quebra e conflitos ao longo desta semana que se encerra.

MERCADOS

No pregão desta quinta-feira, feriado nos Estados Unidos, o Ibovespa fechou quase zerado, em leve alta de 0,09%, em 110.227 pontos. O dólar subiu 0,28%, cotado a R$ 5,335.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Dados atualizados até às 10h de 27/11.

Deixe uma resposta