IGP-M acumula alta de 21,97% no ano e os últimos destaques

Segunda-feira, 30 de novembro de 2020

RESUMO DOS MERCADOS

Cotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)110.575,500,32%4,27%17,69%-4,39%
Dólar PTAX (R$)5,34940,55%-0,02%-7,32%32,72%
DI Jan 2025 (bps)6,70%-11-26-425
S&P 500 (pts)3.638,350,24%2,27%11,27%12,62%

BRASIL EM FOCO

DESTAQUES

Na sexta-feira, o índice brasileiro teve mais um dia positivo e, com só mais o pregão hoje, novembro caminha para fechar com alta expressiva no mês. Passadas as eleições municipais, a expectativa do mercado é que o Congresso Nacional retome os trabalhos e as votações de questões importantes como o Orçamento para 2021, a PEC Emergencial e o do Pacto Federativo. 

INFLAÇÃO

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) ficou em 3,28% em novembro, acumulando alta de 21,97% no ano e 24,52% em 12 meses. Apesar da forte alta do IGP-M, locatários têm conseguido negociar reajustes menores em contratos de locação. Pesquisa do Secovi-SP mostra que em novembro o valor dos contratos fechados na cidade de São Paulo subiu 0,64% em relação a outubro. A startup de aluguel e compra de imóveis QuintoAndar anunciou que passará a usar o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) como referência para reajustes anuais dos contratos de aluguel para os contratos fechados a partir de hoje. (G1 / Investing)

INVESTIDORES NA BOLSA

Com dados até o último dia 25, o saldo líquido dos investidores estrangeiros na Bolsa brasileira era de R$ 30 bilhões. enquanto os institucionais locais retiraram R$ 15 bilhões de ações. Os investidores individuais também estão com saldo negativo e venderam mais que compraram em R$ 10 bilhões.  Os outros R$ 5 bilhões, é resultados das vendas de ações em posse das empresas públicas e privadas. (B3)

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

No balanço final das eleições municipais, PT não elegeu nenhum prefeito em capital, algo que não acontecia desde a redemocratização. Os partidos que mais se beneficiaram foram  DEM, PSD e PP que aumentaram o número de cidades que controlarão. MDB e PSDB  perderam influência, apesar de estarem entre os partidos com o maior número de prefeitos eleitos: 779 e 516, respectivamente. De forma geral, centro político saiu vencedor da eleição municipal, mas emergiu fragmentado. O grupo formado por DEM, PSDB e MDB tende a formar uma aliança em 2022, com forte protagonismo do Rodrigo Maia, enquanto PP, PL, PSD, Republicanos, Podemos, PSL e PTB inclinam-se para Bolsonaro. 

abstenção foi recorde: 29,5% do eleitores não compareceram às urnas ontem. No Rio, a abstenção ficou em 35,5%, o que em números absolutos corresponde a 1,7 milhão de votos, maior que a votação de Eduardo Paes (DEM) – 1,6 milhões – que foi eleito prefeito.  Em São Paulo, o percentual foi de 30,8%.

CORONAVÍRUS NO BRASIL

24 mil novos casos de covid-19 foram registrados ontem e o país já ultrapassou os 6,3 milhões de casos confirmados. As mortes diárias estão em 272 e o Brasil acumula 172 mil óbitos em decorrência do coronavírus. A média móvel de 7 dias de óbitos está em 510 e de infecções em 33,9 mil. (Ministério da Saúde)


OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

DESTAQUES EXTERNOS

Em sessão mais curta na sexta-feira nos EUA,  o otimismo continuou em Wall Street, levando o Nasdaq e o S&P 500 a novas máximas históricas de fechamento. No acumulado do mês de novembro, os três principais índices americanos registram alta de mais de11%.

EQUIPE ECONÔMICA

O presidente eleito Joe Biden deve nomear Neera Tanden, que foi assessora do ex-presidente Barack Obama, como diretora do Office of Management and Budget, da Casa Branca, e a economista Cecilia Rouse como presidente do Conselho de Consultores Econômicos. Brian Deese, ex-BlackRock, que ajudou a liderar os esforços de Obama para salvar a indústria automotiva durante a crise financeira de 2009, é um dos nomes para chefiar o Conselho Econômico Nacional.  As escolhas de Biden incluem defensores abertos de estímulos fiscais agressivos para ajudar a recuperação econômica, mas essa pauta pode encontrar forte resistência em um Congresso dividido. Alas mais à esquerda do próprio partido Democrata também desconfiam de pessoas ligadas a Wall Street. (Reuters / WSJ)

QUESTIONAMENTO DAS ELEIÇÕES

Em mais uma derrota para o presidente Donald Trump e seus aliados, a Suprema Corte da Pensilvânia rejeitou por unanimidade, no sábado, um processo para barrar a certificação da vitória de Joe Biden no estado. O tribunal reverteu a decisão da juíza de uma instância inferior, que havia ordenado o bloqueio temporário da confirmação do resultado. (O Globo)

PETRÓLEO

Hoje se iniciam os dois dias de negociações com os membros da OPEP+ para considerar se estenderão os cortes de petróleo existentes por três a quatro meses, ou se aumentarão gradualmente a produção a partir de janeiro. (Reuters)

NEGÓCIOS

A S&P Global Inc. está em negociações avançadas para comprar a IHS Markit Ltd. por cerca de US $ 44 bilhões, um negócio que aceleraria a onda de consolidação entre os maiores provedores de dados de Wall Street. (Bloomberg)

CORONAVÍRUS

Na União Europeia, a média móvel de 7 dias para as infecções registra 148 mil casos e as mortes diárias, 3,4 mil. Nos EUA, o total de infecções chegou a 13,3 milhões e os óbitos a 266 mil. No mundo, os casos ultrapassam os 62,8 milhões e 1,46 milhão de mortes. (Johns Hopkins / Financial Times)

MERCADOS HOJE

Na Ásia, os mercados fecharam em queda. O índice de Hong Kong recuou 2%. Na Europa, os índices operam sem um catalisador único. Os futuros americanos também apontam para uma abertura sem direção definida. O mercado ficará de olho na reunião da OPEP, encontro do Eurogrupo, discurso de Christine Lagarde, Presidente do BCE, e também, sai o PMI Industrial Caixin da China.

Deixe uma resposta