China volta a relatar aumento de novos casos de covid-19 e os últimos destaques

Segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

RESUMO DOS MERCADOS

Cotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)117.380,50-0,80%-2,47%-1,38%-1,38%
Dólar PTAX (R$)5,43012,13%3,01%4,49%4,49%
DI Jan 2025 (bps)6,78%1219113113
S&P 500 (pts)*3.841,47-0,30%1,94%2,27%2,27%

BRASIL EM FOCO 

DESTAQUES

O Ibovespa fechou em queda com as incertezas que rondam os âmbitos econômico e fiscal no radar. Contribuíram para a baixa, o desempenho negativo dos índices americanos após recordes históricos e também o recrudescimento da pandemia na China. Hoje (25), o mercado estará fechado, devido ao feriado de aniversário de São Paulo.

VACINAÇÃO NO BRASIL

Anvisa aprovou um novo lote de 4,8 milhões de doses da CoronaVac para uso emergencial, na sexta-feira (22). No mesmo dia, pousou em São Paulo o avião que veio da Índia com 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca. A presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade, disse que negocia com a AstraZeneca a possibilidade de importar doses prontas da vacina, visando não atrasar o programa de vacinação no Brasil, minimizando os problemas ocorridos com as importações de insumos para a produção da mesma. (Valor)

POPULARIDADE BOLSONARO

Segundo a pesquisa do Datafolha, divulgada na sexta (22), Jair Bolsonaro foi avaliado como ruim ou péssimo para 40% dos entrevistados, regular para 26%, e 31% dos entrevistados consideraram o governo ótimo ou bom. Na pesquisa anterior realizada em dezembro, Bolsonaro era avaliado como sendo ruim ou péssimo para 32% dos entrevistados, enquanto, a taxa de regular era de 29% e bom ou ótimo era de 37%. (Folha)    

ANTECIPAÇÃO DO 13°

O governo federal estuda a possibilidade de antecipação do 13° salário e o abono salarial para aposentados e pensionistas do INSS. A ideia é que a antecipação ocorra entre fevereiro e março, assim como ocorreu em 2020. A medida é vista como alternativa econômica para injetar dinheiro na economia para minimizar os efeitos da pandemia, mas sem gerar custos extras. (Agência Senado Notícias

ELEIÇÕES NO SENADO

A candidata à presidência do senado Simone Tebet  (MDB-MS) enviou uma carta a senadores pedindo votos para a disputa da casa que ocorrerá no dia 02 de fevereiro. Na carta, a senadora reafirmou seu compromisso com a agenda de reformas econômicas e fiscal. “A gravidade da situação também exige que avancemos com reformas que alavancarão o desenvolvimento, geração de emprego e renda, aliando nossa responsabilidade social com a devida responsabilidade fiscal.”

Rodrigo Pacheco (DEM-MG) também se manifestou nesse sentido, disse que trabalhará pela responsabilidade fiscal e a obediência ao teto de gastos. Contudo, Pacheco disse que buscará formas alternativas de assistência social para os que receberam o auxílio-emergencial em 2020. O candidato citou a PEC do Pacto Federativo, PEC dos Fundos Públicos e PEC Emergencial, reforma administrativa e tributária como importantes para a retomada do crescimento do Brasil. (EstadãoAgência de Notícias do Senado)

CORONAVÍRUS NO BRASIL

Nas últimas 24h foram registrados 28 mil novos casos e 592 mortes. Desde o início da pandemia, o país acumula 217 mil óbitos e 8,8 milhões de casos confirmados de Covid-19. (Ministério da Saúde)


OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

DESTAQUES

Apenas a Nasdaq fechou em leve alta de 0,09%, na sexta. A queda dos preços das ações foi reflexo dos investidores embolsando lucros, após os índices atingirem recordes históricos no decorrer da semana. As bolsas europeias também recuaram, com os PMIs da Zona do Euro apresentando queda em janeiro frente a dezembro, além de receios sobre os efeitos causados por novos lockdowns.     

NOVOS DECRETOS DE BIDEN

O presidente dos Estados Unidos Joe Biden assinou mais dois decretos executivos, que visam expandir a assistência alimentar, fornecer cheques para americanos de baixa renda e o aumento do salário mínimo de US$ 7,25 para US$ 15 por hora. As medidas, diferentemente do pacote fiscal proposto de US$ 1,9 tri, não precisam ser aprovadas no Congresso e por isso podem ser implementadas mais rapidamente. (CNN)

PACOTE DE ESTÍMULOS

O Chefe do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Brian Deese, esteve em contato, neste domingo (24), com alguns membros do Congresso para tratar da aprovação do pacote de estímulos de US$1,9 tri. Alguns dos congressistas levantaram a ideia de primeiro se propor um pacote menor e focado no financiamento das vacinas, antes do julgamento do ex-presidente Donald Trump. (WSJ)

IMPEACHMENT DE TRUMP

A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, informou que enviará hoje (25) ao Senado o processo de impeachment do ex-presidente, Donald Trump. Chuck Schumer, líder dos democratas no Senado, informou que o julgamento de Trump começará no próximo dia 09 de fevereiro. (WP)

PANDEMIA NA CHINA

A China voltou a relatar um aumento de novos casos segundo autoridade nacional de saúde da China. O país registrou 124 novos casos nesta madrugada. A grande preocupação do governo da China é com a proximidade do Ano Novo Lunar, que desloca milhões de chineses pelo país. No ano passado, o feriadão foi um dos fatores que contribuíram para a disseminação da doença. (Reuters)

RELAÇÕES SINO-AMERICANAS

A China vai enviar Yang Jiechi a Washington, visando a reaproximação entre os países. Yang já foi embaixador da China nos Estados Unidos entre 2001-2005 e é visto como um dos principais diplomatas chineses. A ideia é levar aos assessores de Biden a possibilidade da realização de uma cúpula entre os dois países para debater temas como pandemia e mudanças climáticas. Por ora, a Casa Branca tem resistido em se reunir com o alto funcionário chinês. (WSJ)   

CORONAVÍRUS

Nos EUA, os casos de Covid-19 já somam 25 milhões e as mortes ultrapassam 419 mil. No mundo, são 99 milhões de infectados e 2 milhões de óbitos. (Johns Hopkins)

HOJE

As bolsas asiáticas fecharam em alta, com destaque para o Hang Seng, índice de Hong Kong que registrou ganhos de 2,41%. Na Europa, os índices operam em terreno negativo, nesta manhã, e os futuros americanos apontam para uma abertura positiva. Hoje saem os dados do CAGED no Brasil às 10h e o presidente chinês Xi Jinping fala no Fórum Econômico de Davos (virtual) – Agenda 2021.

Deixe uma resposta